ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 23º

Interior

De carro, a pé bike ou cavalo, devotos celebram Padroeira

Fiéis seguiram do Hospital Funrural, pela MS-450, até a capela Nossa Senhora Aparecida, na Estrada Parque

Caroline Maldonado | 12/10/2022 11:36
Fieis em procissão na MS-450, Estrada Parque. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)
Fieis em procissão na MS-450, Estrada Parque. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)

Para manifestar gratidão por alguma graça alcançada por meio de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, alguns participaram a pé da procissão que percorreu a MS-450 até a capela na Estrada Parque, entre os distritos de Camisão e Piraputanga, em Aquidauana, a 141 quilômetros de Campo Grande, nesta quarta-feira (12).

Outros foram em carros, motocicletas, bicicletas ou a cavalo. Cerca de 1,2 mil devotos saíram do Hospital Funrural (Associação Beneficente Ruralista de Assistência Médica Hospitalar) e percorreram quase 20 quilômetros até a capela que leva o nome da santa, segundo o pároco de Aquidauana, Padre Paulo do Nascimento Souza.

“Foi muito interessante, com mais de 200 carros, teve muita gente a pé e algumas vieram a pé de Campo Grande, pagando promessa e agradecendo a Deus. Que Maria Santíssima abençoe a todos que participaram e rezaram conosco, e também aqueles que não puderam participar”, comentou o padre.

Fieis a c avalo em procissão na MS-450, Estrada Parque. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)
Fieis a c avalo em procissão na MS-450, Estrada Parque. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)

Na igreja, o padre celebrou uma missa campal com a participação de milhares de devotos, entre os que participaram da procissão e os que aguardavam no local.

Discórdia - Ao lado da igreja onde os fiéis se reuniram, há uma imagem de Nossa Senhora Aparecida com cerca de 2 metros, cuja cobertura foi derrubada para dar lugar a um novo projeto arquitetônico, que gerou discórdia entre devotos, às vésperas da comemoração do dia da padroeira.

O empresário Wilson Ferreira relatou que construiu, com dinheiro próprio e contribuições, a cobertura erguida em 2013, que foi derrubada. O novo abrigo cercou a imagem e tampou a paisagem ao fundo. Ferreira questiona a qualidade da obra e diz que pretende entrar na Justiça contra o projeto, que atribui ao padre Paulo. O padre preferiu não comentar o assunto para não fomentar a polêmica.

Missa na capela Nossa Senhora Aparecida, na Estrada Parque, em Piraputanga. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)
Missa na capela Nossa Senhora Aparecida, na Estrada Parque, em Piraputanga. (Foto: Divulgação/Paróquia Imaculada Conceição)


Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias