A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/08/2016 16:52

Dois suspeitos de atentado contra agente penitenciário são presos

Delegado regional disse que tentativa de homicídio já está elucidada e dois dos quatro envolvidos foram presos há pouco

Helio de Freitas, de Dourados, e Fernanda Yafusso
Local onde agente penitenciário sofreu atentado hoje (Foto: Direto das Ruas)Local onde agente penitenciário sofreu atentado hoje (Foto: Direto das Ruas)

Está elucidado o atentado a tiros contra o agente penitenciário Enderson Antônio Bogas Severi, 34, ocorrido por volta de 7h de hoje em Naviraí, a 366 km de Campo Grande. Dois suspeitos estão presos e sendo autuados em flagrante.

O delegado regional de Polícia Civil, Claudineis Galinari, disse ao Campo Grande News que os dois envolvidos foram presos em Naviraí, mas ainda não informou os nomes dos acusados. Os outros dois que estavam juntos continuam foragidos.

Severi foi atingido com quatro tiros em diferentes partes do corpo quando seguia para o serviço em uma moto. Ele foi abordado por quatro homens em duas motos minutos depois de deixar o filho em uma creche.

O atentado ocorreu a cem metros da delegacia da Polícia Civil. Em estado grave, mas consciente, o agente penitenciário foi atendido inicialmente na Santa Casa da cidade e encaminhado para Dourados.

Câmeras de segurança instaladas próximas ao local gravaram o momento em que o garupa de uma das motos atirou no agente penitenciário. Em seguida, as duas motos fugiram juntas (veja o vídeo abaixo).

Na UTI – De acordo com o presidente do sindicato dos agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul, André Santiago, Enderson Severi passou por cirurgia no Hospital Evangélico, em Dourados, e foi levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

“A informação do doutor Humberto, diretor clínico do HE de Dourados, é que cirurgia terminou e o paciente foi para a UTI. Está entubado e controlado. Teve lesão no fígado, baço, intestino e pâncreas. São lesões graves”, afirmou.

Segundo ele, os médicos informaram que é preciso esperar algumas horas para ver como Severi vai reagir no pós-operatório, pois as primeiras 48 horas são essenciais para a sobrevivência do paciente.

Santiago disse que Severi perdeu o baço e os dois tiros que atingiram a região do tórax atravessaram o pulmão. O fato de os tiros terem atingido essa região agravou a sua situação de saúde dele.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions