A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

10/01/2019 10:11

Em protesto, homem se acorrenta ao Fórum e acusa ex de má-fé

Nelson Gonçalves da Cruz é acusado de agressão pela ex-companheira

Mayara Bueno
Nesol, acorrentado à escada, segura o cartaz com dizeres contra ex-companheira. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News).Nesol, acorrentado à escada, segura o cartaz com dizeres contra ex-companheira. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News).

O feirante Nelson Gonçalves da Cruz, 54 anos, resolveu se acorrentar em frente ao Fórum de Dourados, 225 km de Campo Grande, para protestar contra a ex mulher, nesta quinta-feira (dia 10). Por decisão judicial, o homem alega que está impossibilitado de se aproximar do imóvel e do comércio, localizado no Jardim Santo André, onde vivia com a então companheira.

As informações são do Dourados News. O feirante segura um cartaz que diz que a mulher usou de má fé, “para sacanear ex-companheiro ficando de posse de todos imóveis, enquanto o ex-companheiro na rua com mala na mão”.

Segundo o homem, a situação ocorre desde o fim de 2018, quando diz ter flagrado a então esposa com o ex-namorado. Desde então, afirma, tem sido acusado de ameaça e a Justiça determinou que ele ficasse 200 metros do local onde morava.

Ainda segundo informações do Dourados News, não houve agressão, mas uma espécie de aviso: “veja bem o que você está fazendo, você tem um nome a zelar”. A mulher, no entanto, buscou a Justiça alegando violência doméstica, situação que resultou na prisão de Nelson, no ano passado.

Nesta manhã, Nelson foi atrás de saber o andamento do processo no Fórum. O homem comercializa produtos na feira, mas também tem um comércio anexo à casa, na qual foi impedido judicialmente de entrar.

“O juiz disse que eu preciso ter paciência, mas não concordo com essa situação. Não fui eu quem trai. Trabalhei duro a vida inteira para conquistar o que eu tenho e agora preciso morar de favor, aluguel e trabalhar de empregado? Para me sustentar comecei emprego em uma conveniência”, disse Nelson ao Dourados News. Nelson afirma que vai continuar acorrentado no local durante o dia, a espera de uma resposta.

Homem agride mulher e obriga criança a chamar a mãe de prostituta
Homem de 35 anos foi preso por agredir, xingar e obrigar os filhos a chamarem a mãe de prostituta após discutir com a mulher de 25 anos na tarde dest...
Para recuperar carro, cabo da FAB sequestra e agride homem de 47 anos
Um cabo da Aeronáutica, de 25 anos, foi preso pelo sequestro de um homem de 47 anos nesta quarta-feira (13), em Campo Grande. Para a polícia, ele afi...
Aids: o vírus do preconceito agride mais que a doença
O organismo humano é a mais extraordinária máquina do mundo. Mesmo assim, falha. Contudo, com Amor, até os remédios passam a ter melhor resultado. Po...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions