ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Empresa começa a retirar embarcação que naufragou e deixou 7 mortos

O acidente aconteceu no dia 15 de outubro, durante temporal acompanhado de ventos de até 64 km/h

Por Viviane Oliveira e Geisy Garnes | 02/12/2021 11:25
Empresa começa operação para retirada do barco que naufragou no mês passado. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)
Empresa começa operação para retirada do barco que naufragou no mês passado. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Acompanhado pela Marinha do Brasil, a empresa contratada pelos proprietários da embarcação, que naufragou na tarde do dia 15 de outubro e deixou 7 mortos, começou a retirar o barco do Rio Paraguai, em Corumbá, distante 428 quilômetros de Campo Grande. A embarcação tem seis metros de altura e 23 metros de comprimento.

O acidente aconteceu durante temporal acompanhado de ventos de até 64 km/h. No barco, estavam 21 pessoas, que participavam de um churrasco. Quatorze delas conseguiram se abrigar no casco da embarcação, que ficou de ponta cabeça.

Conforme nota encaminhada pela Marinha do Brasil, a Capitania Fluvial do Pantanal fará a fiscalização do trabalho de reflutuação, auxiliando no controle de tráfego das embarcações, contribuindo para a segurança na navegação na área.

“A fiscalização do trabalho de reflutuação tem o propósito de averiguar se a responsável pela retirada do barco cumprirá os procedimentos apresentados no Plano de Reflutuação, documento aprovado pela Marinha do Brasil e que detalha como será a execução da retirada da embarcação”.

Durante a fiscalização, os militares irão acompanhar os eventos planejados; a necessidade de alterações no cronograma de eventos; possíveis imprevistos, acidentes, incidentes, interrupção das atividades; entre outras atividades.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário