ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Marinha abre inquérito para apurar acidente com barco que matou 7 pessoas

Barco estava a 5 km do Porto Geral, com 21 pessoas no momento que foi atingido pela tempestade

Por Gabriel Neris | 17/10/2021 16:27
Equipes de resgate durante buscas por última vítima de acidente. (Foto: Divulgação)
Equipes de resgate durante buscas por última vítima de acidente. (Foto: Divulgação)

A Marinha informou em nota que encerrou oficialmente as buscas após encontrar o corpo da sétima vítima do acidente com o barco Carcará, em Corumbá, a 419 km de Campo Grande, e que abrirá inquérito para apurar as causas e responsabilidades.

O barco estava a cerca de 5 km do Porto Geral, com 21 pessoas no momento que foi atingido pela tempestade de sexta-feira.

“O proprietário da embarcação naufragada é o responsável pela retirada do caso da embarcação do local em que se encontra. Nesse sentido, a CFPN (Capitania Fluvial do Pantanal) já intimou o representante dos proprietários para a tomada de providências”, diz trecho da nota. “As causas e responsabilidades do acidente, sob o ponto de vista da autoridade marítima, serão apuradas por meio de IAFN (Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação”, completa.

De acordo com o Diário Corumbaense, o Carcará pertence a uma associação chamada “Amigos do Rio”, a maioria moradores de Rio Verde de Goiás.

A sétima vítima, encontrada neste domingo, se chama Fernando Rodrigues Leão, de 44 anos. As outras vítimas são os irmãos Geraldo Alves de Souza, de 78 anos, e Olímpio Alves de Souza, de 71, Fernando Gomes de Oliveira, de 49 anos e Thiago Souza Gomes, de 18 anos, pai e filho, e também Vitor Celestino Francelino, de 64 anos, e Mauro Rodrigues Canavarro, de 49 anos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário