A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Março de 2017

04/12/2013 16:53

Encontro de segurança pública debate atuação de polícias em manifestações

Bruno Chaves

Comandantes-Gerais de todos os estados brasileiros estão em Bonito – a 257 quilômetros da Capital – para discutirem segurança pública durante a 2º reunião ordinário do ano do CNCG-PM/CBM (Conselho Nacional de Comandantes-gerais das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares).

Na abertura do evento foi debatida a criação de uma doutrina única em manifestações, que objetiva preparar as polícias para protestos como os que ocorreram por todo o País em junho deste ano.

A secretária Nacional de Segurança Pública (Senasp), Regina Miki, e o secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini, participaram da solenidade. Os presentes debateram uma atuação única das tropas de choque.

Para o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e presidente do CNCG-PM/CBM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, o objetivo do Conselho é adequar as culturas existentes no Brasil às necessidades da sociedade brasileira para dar as contribuições e neste sentido garantir uma segurança pública com eficiência. A criação de uma doutrina única nas manifestações foi um dos pontos apresentados.

“Ouvimos de diversas pessoas sobre a conduta das tropas de choque durante as manifestações, então apresentamos uma alternativa ao ministro da Justiça [José Eduardo Cardozo] e à secretária [Regina Miki]. Com a articulação das policias militares construímos a proposta e queremos que seja transformada em uma norma federal e que dê a capacidade de proteção não só à sociedade, mas aos policiais militares que trabalham na tropa de choque”, comentou.

De acordo com a assessoria de imprensa, este relatório do grupo de trabalho foi entregue nesta quarta-feira à secretária nacional que informou que o documento será entregue ao ministro da Justiça.

Para Regina Miki, policiais que atuarão na Copa do Mundo e em outras possíveis manifestações pelo Brasil a fora poderão ser capacitados. “Teremos para um policial um parâmetro de atuação e para a sociedade a certeza de que este estará capacitado dentro de regras que atendem a necessidades da sociedade”, disse.

A 2ª Reunião Ordinária do ano de 2013 do CNCG-PM/CBM acontece até sexta-feira (6).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions