A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Julho de 2019

24/06/2019 22:05

Família do Piauí procura polícia de MS para reconhecer morto com 20 tiros

Documentos e fotos de homem desaparecido em Teresina serão encaminhados para a delegacia nesta terça-feira

Clayton Neves e Helio de Freitas, de Dourados
Policiais no local onde corpo foi encontrado, hoje de manhã, em Ponta Porã (Foto: Porã News)Policiais no local onde corpo foi encontrado, hoje de manhã, em Ponta Porã (Foto: Porã News)

Família do Piauí entrou em contato com a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (24), para fazer reconhecimento do corpo encontrado pela manhã com pelo menos 20 tiros de pistola na região do aeroporto de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, parentes souberam da morte e desconfia que a vítima seja Eudismar Abreu dos Santos, que desapareceu em Teresina, onde mora a família. Documento e fotos serão encaminhados para a delegacia de Ponta Porã nesta terça-feira (24), para que a polícia confirme se o corpo realmente é de Eudismar.

A polícia já havia divulgado a suspeita de que a vítima não era de Mato Grosso do Sul, já que as digitais não estavam cadastradas no sistema de registros do Estado.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem, com idade entre 35 e 40 anos, em torno de 90 quilos, usava camiseta e calça preta e tênis marrom. Ele foi morto com pelo menos 20 tiros no peito e na cabeça.
A principal suspeita da polícia é de que a morte tenha ocorrido em outro local e o corpo jogado em uma rua de terra nos fundos do aeroporto de Ponta Porã.

O corpo foi encontrado por moradores que utilizam o trajeto entre os bairros Andreazza e Jardim aeroporto, a dois mil metros do território paraguaio. A possibilidade de execução em outro local é reforçada pelo fato de que moradores próximos não relataram terem ouvido tiros. O corpo estava enrolado em uma lona amarela.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions