A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/08/2016 12:34

Fazendeiro é autuado em R$ 16 mil por construir 4 represas ilegais

Anny Malagolini
Três represas estavam em reforma, e mais uma em construção (Foto: Divulgação/PMA)Três represas estavam em reforma, e mais uma em construção (Foto: Divulgação/PMA)

Um proprietário rural de 59 anos, foi autuado em R$ 16 mil pela Polícia Militar Ambiental, após ser flagrado degradando uma nascente em área de preservação ambiental, e pela construção e reforma de represas ilegais. O caso ocorreu ontem, 28, em Aral Moreira, distante à 295 km de Campo Grande.

A PMA relatou que existem na propriedade três represas, construídas sem nenhuma autorização ambiental, e que estão em reforma. Além de uma nova represa em construção, totalizando quatro.
Foi constatado que infrator construiu uma valeta de 315 metros lineares, por 1 metro de profundidade, para desviar o curso natural da nascente, exclusivamente para o abastecimento de suas represas. As atividades foram paralisadas.

O proprietário foi autuado administrativamente e multado em R$ 16 mil e as atividades foram paralisadas. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Aral Moreira e responderá por crime ambiental. Se condenado, a pena pode chegar a três anos de detenção.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions