A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/06/2016 09:37

Governo decreta emergência em duas cidades afetadas pelas chuvas

Renata Volpe Haddad e Priscilla Peres
Rodovia MS-180 que não foi nem inaugurada, teve 94 km desmoronados por causa das chuvas. (Foto: Defesa Civil/ Arquivo)Rodovia MS-180 que não foi nem inaugurada, teve 94 km desmoronados por causa das chuvas. (Foto: Defesa Civil/ Arquivo)

O Governo de Mato Grosso do Sul decretou situação de emergência devido aos estragos da chuva em duas cidades. Iguatemi e Anaurilândia tiveram partes da área urbana bastante prejudicadas e, para conseguir recurso financeiro e agilizar o conserto, pediu um novo decreto. Ambas as cidades decretaram situação de emergência no fim do ano passado, pelo mesmo motivo.

Conforme o decreto, em Anaurilândia, distante 371 km de Campo Grande, de 17 de maio a 21 de maio, choveu muito e afetou a área urbana e rural, causando danos públicos e privados, prejudicando também estradas vicinais e dificultando escoamento de safra, comercialização do leite, abate de bovinos, entre outros.

O município de Iguatemi, localizado a 466 da Capital, teve muitos danos causados pelas chuvas no dia 9 de maio e um deles, foi o desmoronamento de 94 quilômetros da rodovia MS-180 que não chegou nem a ser inaugurada. Com a pista interditada, os assentados estão praticamente isolados.

A ponte sobre o rio Seriguelô no município, desabou no dia 9 de maio, deixando mais de 14% dos moradores de Iguatemi praticamente isolados. Além desta ponte, mais cinco desabaram. Em menos de um ano, este é o quarto decreto de situação de emergência feita pelo município.

Com o decreto, não é preciso licitação para contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras para o conserto dos danos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions