A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/08/2016 21:30

Há 40 dias parados, professores decidem manter greve nas escolas

Nyelder Rodrigues
Professores não gostaram da proposta da prefeitura e, em assembleia, mantiveram a greve (Foto: Divulgação)Professores não gostaram da proposta da prefeitura e, em assembleia, mantiveram a greve (Foto: Divulgação)

Há mais de 40 dias paralisados, professores da Rede Municipal de Ensino de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - decidiram manter a greve, durante assembleia realizada nesta terça-feira (2) na sede do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação).

Nesta terça, o prefeito Murilo Zauith (PSB) também abriu negociação com os professores, entretanto, a categoria alega que, após encontro com o chefe do Executivo e técnicos da área de finanças da prefeitura, não houve avanços na tratativa, sendo que não havia garantia de que os profissionais teriam o direito aos reajustes previstos em lei.

Segundo a prefeitura, falta recursos para conceder os valores, mas o sindicato não aceita a justificativa, já programando ações que devem ser realizadas na próxima semana, como atividades em comunidades do município para esclarecer a população sobre o que os professores apontam como sucateamento da Educação.

Demais problemas enfrentados pela categoria e a luta para oferecer um ensino público de qualidade também serão abordados nestas ações. O sindicato também orienta pais e mães para que os filhos não sejam levados para as escolas, já que em várias unidades educadores suspenderam as atividades e serviços, como limpeza e merenda, não estão sendo realizados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions