A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

24/09/2011 16:24

Homem é condenado a 37 anos de prisão por matar e violentar menina

Aline dos Santos

Antes de crime brutal, ele pediu garota de 10 anos em namoro

O catador de materiais recicláveis Celso Rodrigues Oliveira, de 48 anos, foi condenado ontem a 37 anos e quatro meses de prisão pelo estupro e assassinato de uma menina de 10 anos. O crime bárbaro aconteceu em outubro do ano passado, em Mundo Novo. A condenação foi por homicídio, estupro, vilipêndio a cadáver e ocultação do corpo.

A defesa alegou insanidade mental de Celso, tese refutada pelos jurados. De acordo com o Sul News, tão logo os trabalhos foram encerrados, Celso foi transferido para outra comarca por questão de segurança.

O catador morou de favor por dois anos em um pequeno barraco nos fundos da residência dos pais da garota. No dia do crime, ele convidou a menina para tomar banho de rio.

No local, Celso pediu a vítima em namoro, mas ela recusou, alegando gostar de um adolescente. O catador disse que amava a menina há dois anos. Diante da negativa, ele a esfaqueou no pescoço e barriga.

Após ter matado a criança, Celso enterrou o corpo no mato, à margem do córrego. Antes de morrer, a menina lutou, pois o autor apresentava marcas de arranhado.

Na casa do acusado, foram encontradas várias fotos de crianças do sexo feminino, brinquedos de meninas, revistas pornográficas e quatro folhas de cadernos escritas com declarações de amor. O pai da menina não suportou a situação e faleceu uma semana após a morte da filha.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions