ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Homem morre 9 dias após ser atropelado por motorista bêbado

Condutor foi preso em flagrante, mas pagou fiança e responde em liberdade

Por Ana Oshiro | 03/03/2021 07:21
Diogo sofreu parada cardiorrespiratória e faleceu (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Diogo sofreu parada cardiorrespiratória e faleceu (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Diogo Goulart Hoda, de 27, morreu após 9 dias internado no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora depois de ter sido atropelado por um motorista bêbado, em Três Lagoas, a 338 km da Capital. No dia 21 de fevereiro, às 20h30, Diogo e a namorada, Heloisa Fonseca da Silva de 23 anos, foram atropelados por Wdson Renne de Andrade, de 31 anos, que foi preso em flagrante após o acidente.

Diogo e Heloisa estavam sentados na calçada da casa de Diogo, quando um veículo Volkswagen Gol desgovernado subiu na calçada e atropelou o casal, que ficou gravemente ferido e foi socorrido para o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Na noite desta terça-feira (2), às 23h30, Diogo não resistiu aos graves ferimentos do atropelamento e faleceu após uma parada cardiorrespiratória. Nas redes sociais os amigos lamentam a morte de Diogo e pedem por justiça e pela prisão do motorista bêbado, já que Wdson pagou fiança de R$ 5 mil, menos de 72 horas após o crime, e foi liberado para responder em liberdade.

A família ainda não divulgou detalhes sobre o velório e sepultamento de Diogo. O Campo Grande News tentou informações sobre o estado de saúde de Heloisa, mas a assessoria de imprensa do hospital não atendeu às ligações.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário