A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/01/2016 21:03

Jovem de 24 anos morre ao colidir motocicleta na traseira de trator

Cristina Livramento e Michel Faustino
Veículo pesado trafegava na rodovia sem qualquer sinalização. ( Foto: Ribero Júnior / Siliga News)Veículo pesado trafegava na rodovia sem qualquer sinalização. ( Foto: Ribero Júnior / Siliga News)
Alexandre Araújo Alberto completou 24 anos no dia 17 de janeiro. (Foto: Reprodução)Alexandre Araújo Alberto completou 24 anos no dia 17 de janeiro. (Foto: Reprodução)

O técnico agrícola Alexandre de Araújo Alberto, de 24 anos, morreu por volta das 20h, na MS-376 em Vicentina, município a 255 km de Campo Grande. De acordo com informações do site SiligaNews, o rapaz colidiu com a traseira de um trator que puxava uma máquina de veneno.

O rapaz conduzia uma Biz, de cor branca, com placas de Vicentina, pela MS-376, e na saída do município, próximo ao Conjunto Habitacional Altos do Barreirão, acabou colidindo com a traseira do trator que seguia pela rodovia sem sinalização. Alexandre morreu na hora. A informação é de que ele retornava a fazenda onde mora que fica nas proximidades de onde ocorreu o acidente.

O condutor do trator, Dhionatan Machado, ficou em estado de choque e foi encaminhado ao hospital Maria dos Santos Bastos, em Vicentina. Depois será encaminhado a delegacia para ser ouvido.

Irresponsabilidade - Segundo informações de moradores da região, a presença de maquinas trafegando na rodovia, principalmente durante a noite na rodovia, é recorrente o que aumenta os riscos de tragédias como a registrada na noite de hoje. O problema não é exclusivo da MS-376 como têm sido constantemente denunciado pelo Campo Grande News. 

Em outras ocasiões, maquinas agrícolas foram flagradas circulando livremente nas rodovias do Estado. Em novembro do ano passado, por exemplo, dois tratores acoplados a implementos agrícolas foram fotografados circulando na rodovia MS-164, entre a cidade de Maracaju e o distrito de Vista Alegre. No mesmo dia, outro trator com implemento agrícola foi flagrado  circulando também na MS-164.

Proibição e irregularidades – Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), máquinas agrícolas não têm permissão para circularem em rodovias, a não ser que seja com auxílio de um veículo batedor.

"Mas para que isso seja possível, é necessário o auxílio da PRF e o proprietário da máquina precisa procurar um posto fiscal para pedir auxílio", explica o inspetor Tércio Bagio.

Baggio comenta ainda que como esses veículos não possuem placas, não há como multar. "Mas se acontecer um acidente, por exemplo, a responsabilidade civil é do proprietário do trator. Em casos extremos, a PRF pode providenciar que o transporte seja feito por meio de um caminhão, mas isso é muito complexo para o dono do veículo", afirma.

Sobre a apreensão deste tipo de veículo, o inspetor alega que na prática é difícil que isso aconteça, já que não local para guardar a máquina agrícola.

Segundo legislação nacional de trânsito, para circular nas rodovias os tratores precisa ter registro e licenciamento no Detran (Departamento Estadual de Trânsito), identificação por placas dianteira e traseira, dispositivos de sinalização traseira de cor vermelha, lanternas de freio de cor vermelha, indicadores luminosos de mudança de direção, dianteiros e traseiros.

 

rator com implemento agrícola circulando também na MS-164, próximo ao distrito de Vista Alegre (Fotos: Lucimar Couto;/ Arquivo)rator com implemento agrícola circulando também na MS-164, próximo ao distrito de Vista Alegre (Fotos: Lucimar Couto;/ Arquivo)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions