ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Menina que andou 1 km para pedir ajuda após acidente está com a tia

Por Viviane Oliveira | 15/01/2017 11:59
Carro ficou com a frente destruída (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)
Carro ficou com a frente destruída (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)

A criança de 5 anos, que caminhou 1 km para pedir ajuda após acidente de carro em que os pais morreram, em Porto Murtinho, distante 431 quilômetros de Campo Grande, está sob a guarda de uma tia, irmã da mãe dela.

Conforme o médico Antônio Manoel Canaie, a paciente deu entrada à unidade de saúde às 2h de sábado e apresentava apenas arranhão no olho direito. “Ela ficou em observação e por volta das 8h foi liberada sob os cuidados da tia, irmã da mãe dela, e avós maternos”, contou. O local onde ocorreu o acidente fica cerca de 60 quilômetros do município. 

Segundo a polícia, Reinaldo Leôncio dos Santos, 52 anos, conduzia um veículo Fiat Uno e tinha como passageira a esposa Madilene Godoi, 34 anos, e a filha. Eles seguiam em direção à fazenda Terra Santa, na região da MS-485, quando próximo da propriedade Toca da Onça, o motorista perdeu o controle da direção e bateu em uma árvore.

A menina, então, que sofreu ferimentos leves saiu do automóvel e foi sozinha até uma fazenda. Lá, o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate. Reinaldo e a esposa estavam na parte da frente do carro. Eles ficaram presos às ferragens e morreram no local. “A menina foi muito corajosa. Ela caminhou sozinha no escuro atrás de socorro”, disse o major do Corpo de Bombeiros, Alaércio Muniz. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário