ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Polícia encontra menino desaparecido com o pai e homem vai preso

Menino de 11 anos estava o tempo todo com o pai, Fernando de Souza Pereira

Por Adriano Fernandes | 18/02/2021 19:01
Reencontro de Fernando com a mãe da delegacia de Corumbá. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)
Reencontro de Fernando com a mãe da delegacia de Corumbá. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

O pequeno Fernando Henrique Santos Pereira, de 11 anos, foi reencontrado nesta tarde (18) após ficar mais de 30 horas desaparecido, em Corumbá, cidade a 419 quilômetros de Campo Grande. O garoto estava todo esse tempo com o pai dele, Fernando de Souza Pereira, que foi preso pela Polícia Civil da cidade.

O pai, que está separado da mãe da criança, chegou a registrar boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do filho, mas estava com o garoto na casa de uma irmã dele, no Bairro Popular Nova, segundo o portal Diário Corumbaense. O garoto foi reencontrado graças ao trabalho conjunto das equipes de investigação do 1º Distrito Policial e da Delegacia Regional de Polícia Civil de Corumbá.

O pai do garoto será interrogado pela delegada Tatiana Zingier e Silva, para esclarecer o que o levou a "sumir" com o menino. Fernando Henrique também só reencontrou a mãe, Cristiane Santos Lima Pereira, na delegacia da cidade. Foto do momento mostra os dois abraçados, visivelmente emocionados.

"Graças a Deus ele está bem, mas fomos feitos de palhaços. Desde que o menino sumiu estamos à procura dele e até recompensa oferecemos, para agora descobrirmos que o pai foi o responsável pelo sumiço do Fernando. Agora ele vai arcar com as consequência do que fez", disse à reportagem, a prima do pai da criança, Elizandra Marinho.

O desaparecimento do menino causou grande comoção em Corumbá, mobilizando familiares, amigos e as redes sociais. A família chegou até a oferecer recompensa de R$ 500 para quem informasse o paradeiro do menino.

*Os nomes da criança, pai e mãe só foram divulgados com autorização da família para ajudar nas buscas pelo garoto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário