ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  20    CAMPO GRANDE 11º

Interior

Mesmo com apelo da Saúde, 9 cidades ainda não aplicam 3ª dose em MS

Geraldo Resende pediu esforço para vacinação durante o fim de semana, após autorização na sexta

Por Adriel Mattos e Geniffer Rafaela | 30/08/2021 17:13
Vacinação da 3ª dose em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Vacinação da 3ª dose em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)

Autorizada desde sexta-feira (27), a aplicação da terceira dose da vacina contra covid-19 em idosos ainda não começou em pelo menos nove municípios de Mato Grosso do Sul. O titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende pediu que as prefeituras fizessem até mutirão para imunizar esse público.

“Realizando hoje (sexta), amanhã (sábado) e domingo, um mutirão de vacinação, pela vida”, frisou Resende durante a transmissão ao vivo periódica do Governo do Estado na rede social Facebook.

Mesmo com o pedido, Água Clara, Bandeirantes, Corguinho, Coronel Sapucaia, Dourados, Itaquiraí, Jateí, Naviraí, Nioaque, Rio Verde de Mato Grosso, Sonora e Taquarussu ainda não iniciaram a aplicação, segundo dados do Vacinômetro, plataforma do Painel Mais (Monitor de Apoio às Informações de Saúde), da SES.

Apesar da informação do Painel Mais, os prefeitos de Bodoquena, Itaporã, Mundo Novo, Nova Andradina e Ribas do Rio Pardo disseram ao Campo Grande News que iniciaram a aplicação ainda na sexta. Já o prefeito de Sonora, Enelto Ramos (DEM), garantiu que abriu para esse público nesta segunda-feira (30).

“Recebemos 210 doses e já aplicamos 35. Hoje devem chegar mais”, disse o chefe do Executivo municipal de Mundo Novo, Valdomiro Sobrinho (PSDB). A SES recebeu hoje 40,4 mil doses, que serão entregues na terça-feira (31).

Já os prefeitos de Dourados, Alan Guedes (PP); de Água Clara, Gerolina Alves (PSD); e de Naviraí, Rhaiza Matos, afirmaram que a vacinação começa na quarta-feira (1º). O prefeito de Taquarussu, Clóvis do Nascimento (PSDB), informou que não começou a aplicação da terceira pelo município ainda não ter concluído a aplicação da segunda dose.

Em nota, a SES informou que todas as cidades estão autorizadas a aplicar por meio de uma resolução. “Os municípios que não estiverem seguindo a resolução deixam de receber o repasse financeiro que é repassado como incentivo a vacinação”, diz a nota.

A reportagem procurou os prefeitos de Bandeirantes, Gustavo Sprotte (DEM); de Corguinho, Marcela Lopes (PSDB); de Itaquiraí, Thales Tomazelli (DEM); e de Rio Verde de Mato Grosso, Zé de Oliveira (MDB) para saber quando a nova etapa será aberta, mas não obteve resposta até a presente publicação.

Nos siga no Google Notícias