A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

30/08/2016 10:42

Mineiros e campo-grandenses são presos com 274 quilos de maconha

Cinco pessoas, entre elas uma adolescente de 17 anos, foram flagradas com carga de maconha na região de Amambai

Helio de Freitas, de Dourados
Tabletes de maconha sobre os bancos de Fox (Foto: Divulgação)Tabletes de maconha sobre os bancos de Fox (Foto: Divulgação)

Dois mineiros e três moradores de Campo Grande, entre eles uma adolescente de 17 anos, foram presos ontem (30) pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na região de Amambai, a 360 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. Eles são acusados de tráfico de 274 quilos de maconha encontrados em um Fox com placa de Uberlândia (MG).

Henrique Dutra Silva, 23, Anderson Cleiton Monteiro, 34, moradores em Uberlândia, e os campo-grandenses Maicon Fontoura dos Santos, 31, Yara Maria Tobias Romero, 23 e a adolescente de 17 anos, foram flagrados durante patrulhamento na MS-289, entre Amambai e Coronel Sapucaia.

Segundo o DOF, inicialmente os policiais abordaram um Celta prata com placa de Uberlândia, conduzido por Anderson e que viajava na companhia de Maicon e Yara. Os três não conseguiram explicar o que faziam na região, levantando suspeitas de estarem “batendo” estrada pra alguma carga ilícita, situação bastante comum na fronteira.

Em seguida os policiais abordaram o Fox cor prata, conduzido por Henrique e que levava a adolescente como passageira. O condutor desobedeceu a ordem de parada e jogou o carro contra os policiais, que atiraram nos pneus e impediram a fuga.

No carro foram encontrados 329 tabletes de maconha sobre o banco traseiro do veículo, totalizando 274 quilos da droga. Henrique contou que foi contratado em Uberlândia para buscar a carga de maconha em Coronel Sapucaia. Ele receberia R$ 4 mil para transportar a droga.

O mineiro confessou também que o Celta fazia o papel de batedor da carga e os ocupantes tinham a missão de avisar sobre possíveis ações da polícia na fronteira. O grupo foi levado para a delegacia de Amambai e autuado por tráfico de drogas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions