ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Morre menina de 3 anos picada por escorpião

Maria Fernanda Britto da Silva estava internada no Hospital Regional de Campo Grande

Por Ana Paula Chuva e Gabriela Couto | 01/10/2023 11:17
Maria Fernanda estava dormindo quando foi picada pelo escorpião (Foto: Reprodução | Redes Sociais)
Maria Fernanda estava dormindo quando foi picada pelo escorpião (Foto: Reprodução | Redes Sociais)

Morreu na manhã deste domingo (1°) a menina de 3 anos picada por escorpião no último dia 25 de setembro, em Ribas do Rio Pardo, a 98 quilômetros de Campo Grande. Maria Fernanda Britto da Silva estava internada no Hospital Regional de Campo Grande, transferida por conta da gravidade do caso. O óbito foi confirmado esta manhã, sete dias depois do incidente.

Foi a segunda morte, este ano, de criança residente em Ribas do Rio Pardo por conta de picada de escorpião. O outro óbito, o de Pyetro Gabriel Arguelho, de 5 anos, ocorreu no dia 22 de agosto.

No dia 25 de setembro, Maria Fernanda dormia em casa, no Jardim do Trabalhador, quando acordou chorando e gritando. Ela foi levada pela mãe ao Hospital Municipal Dr. José Maria Marques Domingues e transferida para a Capital no mesmo dia.

A mãe da menina, Vanessa Ramirez, chegou a matar o animal e por grupos de redes sociais a família da criança pediu orações pela sua saúde. “Peço a todos encarecidamente que nos ajudem em uma corrente de orações para a pequena Maria, teve várias picadas de escorpião, está em estado grave em Campo Grande. Que Deus de esse livramento para esse anjinho”, diz a mensagem.

Na sexta-feira (29), a situação da menina se agravou e segundo áudio enviado ao Campo Grande News, o coração de Maria Fernanda estava com o batimento do coração a 20% da capacidade total. A veracidade da mensagem foi confirmada com a família da criança. Informações do velório ainda não foram divulgadas.

“Ela já tomou as doses máximas do soro (antiescorpiônico), seis ampolas. Temos uma situação bem difícil que é essa ausência de resposta, caso ela apresente alguma parada cardíaca, não volta porque a chance de reanimação é muito pequena”, diz um dos trechos do áudio atribuído ao médico da menina.

Esse foi o terceiro ataque de escorpião em Ribas do Rio Pardo no final de semana. As outras vítimas foram dois adultos, um homem de 46 anos e uma mulher. Ambos foram medicados e passam bem.

Esta manhã, a prefeitura informou que está fazendo mutirões de limpeza em todos os bairros. O secretário de Saúde do município, Marcos André de Melo diz que a proliferação de escorpiões nessa época não é fato isolado. “Em média, no estado de Mato Grosso do Sul, ocorrem 11 casos de picadas por escorpião por dia”, explica.

Em nota divulgada após a morte da menina, a prefeitura informou que a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) está acompanhando a mãe e fará traslado do corpo para Ribas do Rio Pardo ainda hoje. O velório e o sepultamento estão previstos para amanhã.

Ainda conforme a prefeitura, amanhã será decretado luto por um dia na Escola Municipal de Educação Infantil Pingo de Gente, onde Maria Fernanda estudava.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias