ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Mulher morre 17 horas após ser esfaqueada pelo irmão

Giovani de Souza, de 25 anos, foi preso em flagrante

Por Geniffer Valeriano | 24/02/2024 16:20
Gisieli de Souza não resistou ao ferimento e morreu nesta tarde (Foto: Reprodução Facebook)
Gisieli de Souza não resistou ao ferimento e morreu nesta tarde (Foto: Reprodução Facebook)

Gisieli de Souza, de 28 anos, morreu no início da tarde deste sábado (24), 17 horas depois de ser esfaqueada pelo próprio irmão. Giovani de Souza, de 25 anos, bebiam juntos momentos antes de começarem a discutir. O homem foi preso em flagrante.

O caso aconteceu durante o final da noite de sexta-feira (23), na Rua Ernestina Ferreira dos Santos, em Dourados, cidade que fica a 251 km de Campo Grande. Após ser esfaqueada no pescoço Giseli foi socorrida pelo Samu  (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada ao Hospital da Vida.

Na tarde deste sábado, outra irmã da vítima compareceu na delegacia para informar que Gisele não resistiu ao ferimento e acabou morrendo por volta das 14h.  Inicialmente, o caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados como feminicídio, violência doméstica e familiar, na forma tentada.

Faca usada na tentativa de feminicídio (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)  
Faca usada na tentativa de feminicídio (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Relembre - Conforme o boletim de ocorrência, os irmãos bebiam juntos quando se desentenderam. Em certo momento, o Giovani pegou uma faca, com lâmina aproximadamente 25 cm, e acertou a mulher no pescoço.

No momento em que a PM (Polícia Militar) chegou no local, o autor das agressões ainda segurava a faca usada. Giseli foi encontrada dentro da casa. Após a vítima ser socorrida Giovani foi preso em flagrante e levado para a delegacia.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias