ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Ônibus é apreendido fazendo desembarque irregular de bolivianos

Apenas moradores das cidades fronteiriças como Corumbá, Pueto Suárez e Puerto Quijarro são autorizados a cruzar a fronteira.

Por Mirian Machado | 23/02/2021 12:29
Fiscalização em ônibus com 39 passageiros bolivianos (Divulgação/Coordenadoria de Posturas)
Fiscalização em ônibus com 39 passageiros bolivianos (Divulgação/Coordenadoria de Posturas)

Ônibus com 39 passageiros bolivianos foi apreendido na noite de segunda-feira (22) no posto de fiscalização Esdras, que fica entre Corumbá, cidade a 419 km de Campo Grande, e a Bolívia.

A apreensão foi feita pela Polícia Federal, Força Nacional  de Segurança e GFI (Grupo de Fiscalização Integrada) durante uma barreira no Esdras já com intuito de conter a entrada de estrangeiros no Brasil, segundo apurado pelo portal Diário Corumbaense.

Apenas moradores das cidades fronteiriças como Corumbá, Puerto Suárez e Puerto Quijarro são autorizados a cruzar a fronteira.

O coordenador de Fiscalização e Posturas, Luciano Cruz Souza, disse em entrevista ao portal local que embarque e desembarque de passageiros só podem ser feitos no Terminal Ambos passageiros vinham de São Paulo, sem máscaras e não apresentaram exame de covid-19, o que é exigido no país vizinho. “Os passageiros passaram pelos procedimentos migratórios da Polícia Federal. Dos 39 passageiros apenas um possuía passaporte, outros tinham apenas a identidade ou registro nacional de estrangeiros”, afirmou.

O veículo foi encaminhado ao pátio da Prefeitura de Corumbá.

A região de fronteira entre Puerto Suárez e Puerto Quijarro, na Bolívia está fechada desde março de 2020. Um acordo de reciprocidade permite que a população de ambas transite entre elas, seguindo a determinação e leis de cada país.

Como parte do decreto, ônibus devem circular com 50% da capacidade, além de exigir medidas de biossegurança como máscara e embarcar e desembarcar passageiros apenas no Terminal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário