A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

07/03/2019 07:54

Operação contra facção criminosa prende membros do “tribunal do crime”

Um dos integrantes que exercia a função de “geral da cidade” havia sido preso por roubo dias antes, na terça-feira (5)

Viviane Oliveira
Os três primeiros foram presos durante a operação. O quarto é Cristhiano que está foragido (Divulgação Polícia Civil) Os três primeiros foram presos durante a operação. O quarto é Cristhiano que está foragido (Divulgação Polícia Civil)

A operação Osíris, deflagrada pela Polícia Civil na tarde de ontem (6), cumpriu três dos quatro mandados de prisão preventiva contra líderes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), em Naviraí, distante 366 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o site Tá Na Mídia Naviraí, investigações apontaram que os presos são suspeitos de envolvimento em julgamento e execução de pessoas no chamado “tribunal do crime”, furtos de veículos, roubos, tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado. Um dos mandados foi cumprido no presídio do município. Um dos integrantes que exercia a função de “geral da cidade” havia sido preso por roubo dias antes, na terça-feira (5). 

Os outros dois mandados foram cumpridos num bairro de Naviraí. Na casa de um dos suspeitos, foram apreendidas várias porções de maconha. O quarto integrante, Cristhiano Moraes dos Santos, 34 anos, conhecido como Xará, não foi localizado. A polícia faz buscas para encontrá-lo. O nome dos três presos não foi divulgado pela polícia.

Cristhiano tem várias passagens pela polícia. Em um dos crimes foi fichado por tentativa de homicídio e por furtar a arma de um policial militar aposentado. Osíris, nome dado a operação, faz referência ao Deus do julgamento na mitologia egípcia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions