ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Operação para prevenir acidentes nos rios de MS e MT começa hoje

Ação da Marinha fiscalizará 55 localidades dos dois Estados

Elci Holsback | 09/01/2017 09:31
Fiscalização segue até 5 de março (Foto: Diário de Corumbá)
Fiscalização segue até 5 de março (Foto: Diário de Corumbá)

Inicia hoje (9) período de fiscalização preventiva contra acidentes em embarcações nos rios de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A Operação Verão 2017, realizada anualmente pela Marinha, e que nos dois estados está sob a responsabilidade do Comando do 6º Distrito Naval de Ladário - distante 419 km de Campo Grande, vai fiscalizar 55 localidades até 5 de março.

De acordo com o site Diário Corumbaense, dados da Superintendência de Segurança do Tráfego Aquaviário da Diretoria de Portos e Costas, mostram que somente no Verão de 2015/2016 ocorreram mais de 40% do total dos acidentes registrados até novembro de 2016. As lanchas e motos aquáticas se destacam, nos últimos três verões representaram mais de 70% dos casos registrados com embarcações de esporte e recreio.

Naufrágio, abalroamento, queda de pessoas na água, incêndio e colisão são os casos que mais se destacam nas estatísticas. De dezembro de 2015 a março de 2016, as embarcações que mais se envolveram com esses acidentes durante o lazer foram lanchas, representando 58% dos casos, seguidas pelas motos aquáticas, com 15% e os botes representaram 14% dos acidentes registrados.

Durante a operação, são verificados também o cumprimento das regras de segurança da navegação, como a habilitação dos condutores, documentação da embarcação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, a lotação e o estado da embarcação. Além disso, serão utilizados etilômetros, tendo em vista que é proibido o consumo de bebidas alcoólicas pelos condutores.

Agentes da marinha também vão realizar palestras sobre segurança na navegação em clubes, marinas e colônias de pescadores. Irregularidades podem ser denunciadas no site www.com6dn.mar.mil.br

Nos siga no Google Notícias