ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Pai que mantinha jovem e bebê em cárcere é preso com pistola

Jovem foi resgatada na noite de ontem; Um revólver calibre 357 e 16 munições foram apreendidos

Por Alana Portela e Bruna Marques | 13/04/2021 07:58
Revólver e munições foram apreendidos pela Polícia Civil de Miranda. (Foto: PC/Miranda)
Revólver e munições foram apreendidos pela Polícia Civil de Miranda. (Foto: PC/Miranda)

Após ser sequestrada pelo pai de 36 anos, jovem de 18 anos e bebê de 11 meses foram resgatados pela Polícia Civil. Eles foram encontrados ontem (12), em uma fazenda localizada em Miranda, 201 quilômetros de Campo Grande.

A propriedade rural fica 50 quilômetros de Miranda. A polícia foi acionada após o um rapaz de 19 anos, que é namorado da vítima é pai do bebê, procurar a Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Campo Grande e registrar o sequestro.

Após o registro, o namorado foi orientado a entrar em contato com a Polícia Civil de Miranda e conseguiu passar o número da vítima para os investigadores.

Com o número em mãos, os policiais entraram em contato com a jovem, que relatou por mensagens de WhatsApp, o que estava acontecendo. Conforme informações passadas pela delegada plantonista na Deam, Jennifer Estevam, os investigadores pediram que a jovem mantivesse calma.

Por volta das 19h de ontem, os policiais foram até a fazenda. Ao ver a viatura, o pai da jovem correu para os fundos da casa, onde escondeu o revólver calibre 357, usado para intimidar a vítima.

Aos policiais, a vítima contou ainda que foi levada contra sua vontade para a fazenda e afirmou que o pai havia pago mil reais para uma pessoa espancar seu namorado. No entanto, o "serviço" não foi concretizado porque o contratado pediu mais mil reais para cometer as agressões.

Enquanto mantinha a filha em cárcere, o pai dizia que mataria todo mundo se alguém fosse até a fazenda.

Já a madrasta da jovem contou aos policiais que o marido, ao ver a viatura, escondeu a arma nos fundos da casa.

Durante buscas pelo quintal da residência, os policiais encontraram a arma carregada com três munições escondida no meio de umas tábuas, atrás do galinheiro. Na casa ainda foram encontradas mais 13 munições.

O autor foi preso em flagrante por sequestro, cárcere e posso irregular de arma de fogo. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Miranda.

A vítima e o bebê foram resgatados. Ela passou por atendimento com assistência social da cidade, que cedeu um local para que passasse a noite, enquanto o namorado não chegava para buscar e trazê-la novamente para casa onde vivem, em Campo Grande.

Caso – O namorado foi até a Deam, onde contou que mora com a jovem e que juntos têm uma filha de 11 meses. A confusão começou depois de uma briga que eles tiveram no domingo de Páscoa, dia 4 de abril. Data em que a mãe do rapaz ligou para o pai da jovem que mandou um amigo ir buscar a filha e a neta.

A jovem e o bebê, que tem 11 meses, foram levadas para uma fazenda em Miranda, na manhã seguinte à discussão, segunda-feira passada, dia 5 de abril. Três dias depois, ao telefone, o namorado foi surpreendido com a informação de que a ida para a fazenda não foi decisão da jovem e que ela foi levada à força.

Para a polícia, o namorado contou que o sogro não deixa a filha sair da fazenda e que está mantendo a jovem em cárcere privado. Sob ameaça de ficar sem celular e internet, para não ter contato com o rapaz, a jovem disse que o pai teria contratado pessoas para bater no genro e que ela só sairia da fazenda morta ou sem o bebê.

O pai ainda teria dito que faria o que fosse preciso para impedir o casal de reatar o relacionamento. Ao contar tudo isso, a jovem pediu socorro ao namorado. No último contato dos dois por telefone, a vítima disse que o pai iria quebrar o celular e desde o rapaz não tem notícias da namorada nem da filha.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário