A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

23/08/2017 09:53

Pastor acusado de estuprar a neta é condenado a 14 anos de prisão

Ricardo Campos Jr.

Um pastor evangélico foi condenado a 14 anos de prisão por estuprar diversas vezes a neta de 11 anos em Rio Brilhante, a 163 quilômetros de Campo Grande. A sentença foi publicada nesta quarta-feira (23) no Diário da Justiça para que a defesa tome conhecimento e entre com recurso se assim desejar.

Segundo informações publicadas pelo site Rio Brilhante em Tempo Real, o caso veio à tona em março deste ano. A mãe da criança desconfiou da mudança de comportamento. Ao ser questionada, a vítima revelou que o acusado passava as mãos em suas partes íntimas frequentemente e em troca ela ganhava dinheiro para comprar doces.

O caso foi denunciado à polícia e um mandado de prisão foi expedido contra o réu. A polícia inicialmente foi até a casa dele, mas não o encontrou. Três dias depois, ele se apresentou na delegacia acompanhado por um advogado e foi detido em uma das celas da unidade.

Conforme a decisão, o crime deixou graves consequências, já que a criança ficou traumatizada com toda a situação sentindo-se culpada pelo ocorrido. Dessa forma, o rendimento escolar dela caiu e a garota começou a ser assistida por psicólogos.

Por ser considerado o estupro como crime hediondo, o acusado ficará em regime fechado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions