ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Polícia suspeita que moto roubada foi usada em assalto a vereador

Duas motos altas, semelhantes à usada pelos assaltantes que levaram caminhonete de Idenor Machado, foram roubadas na noite de ontem em Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 20/07/2018 10:10
Idenor Machado ficou sob a mira de arma ao chegar em casa, ontem à noite (Foto: Divulgação)
Idenor Machado ficou sob a mira de arma ao chegar em casa, ontem à noite (Foto: Divulgação)

A polícia suspeita que pelo menos uma das duas motos roubadas na noite de ontem (19) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, foram usadas no assalto ao vereador e ex-presidente da Câmara Idenor Machado (PSDB).

Ele ficou sob a mira de uma arma quando chegava em sua casa em bairro de alto padrão na região norte da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Os assaltantes usavam uma moto alta, segundo depoimento do vereador, que perdeu a caminhonete Toyota Hilux preta, o celular e uma corrente de ouro.

As motos altas, semelhantes à usada pelos dois assaltantes, foram levadas em roubos ocorridos entre 19h30 e 21h30. O primeiro caso ocorreu na Rua Adelina Rigotti, no Jardim Água Boa. A motociclista, de 28 anos, foi rendida por dois assaltantes em uma motoneta importada e teve de entregar sua Yamaha XTZ azul placa HTU-4412.

No outro lado da cidade, no Jardim Canaã I, um rapaz de 19 anos teve roubada a sua Yamaha XT 660 R placa DYV-2060. Os dois assaltantes também estavam de moto.

O assalto ao vereador mobilizou todas as polícias da região de Dourados. Equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) foram avisadas sobre a possibilidade de a Hilux ser levada para o Paraguai. Nesta manhã o SIG (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil, começou a investigar o caso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário