ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Prefeitura usa inseticida para acabar com cupins que estão devorando teatro

Abandonado por quatro anos, Teatro Municipal de Dourados foi infestado por insetos

Por Helio de Freitas, de Dourados | 02/03/2021 14:16
Bloqueio químico contra cupins feito no palco do Teatro Municipal (Foto: Divulgação)
Bloqueio químico contra cupins feito no palco do Teatro Municipal (Foto: Divulgação)

Abandonado por quatro anos, o Teatro Municipal de Dourados (cidade a 233 km de Campo Grande) estava sendo devorado por cupins. Para tentar impedir a destruição, principalmente do palco de madeira, a prefeitura fez limpeza completa e bloqueio químico no espaço, localizado dentro do Parque dos Ipês, na Avenida Presidente Vargas.

Segundo a prefeitura, foi aplicado produto específico para extermínio desses insetos. Antes, foi feita a limpeza completa com retirada de dois caminhões de lixo do fosso do teatro. Todo o material que estava depositado no local teve de ser descartado.

“Eram da banda que poderíamos usar até no museu, mas a falta de cuidado e armazenamento danificou tanto que tivemos de descartar”, afirmou o secretário de Cultura Francisco Marcos Rosseti Chamorro, o Kinho.

Segundo ele, além de eliminar os cupins que devoram a madeira da parte interna, o bloqueio químico vai acabar com baratas e formigas. O próximo passo será a limpeza das caixas d’água do teatro. O produto químico usado contra os insetos é inofensivo à saúde das pessoas e ao meio ambiente, conforme a prefeitura.

O Teatro Municipal de Dourados começou a ser construído no início da década de 90, na gestão do prefeito Humberto Teixeira (morto em janeiro deste ano, vítima da covid-19).

A inauguração foi feita em 1998, pelo então prefeito Braz Melo, com a presença do então presidente do Paraguai, Juan Carlos Wasmosy, que veio a Dourados para participar também da entrega da Praça Paraguaia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário