ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Presidente Dilma autoriza compra da Fazenda Buriti para resolver impasse

Por Aliny Mary Dias e Aline dos Santos | 20/06/2013 15:29
Reunião acontece no Centro Rubens Gil de Camilo (Foto: Marcos Ermínio)
Reunião acontece no Centro Rubens Gil de Camilo (Foto: Marcos Ermínio)

A reunião da comitiva do Governo Federal sobre o conflito entre índios e fazendeiros realizada na tarde desta quinta-feira (20) em Campo Grande não tem hora para acabar, mas conforme apurou o Campo Grande News, a presidente Dilma Rousseff autorizou a compra da fazenda Buriti, localizada em Sidrolândia.

A propriedade pertence ao ex-deputado Ricardo Bacha e foi ocupada por índios terena no dia 15 de maio. A área ganhou destaque nacional depois que o confronto entre indígenas e a Polícia Federal, durante cumprimento de ação da reintegração de posse, terminou com a morte do índio Oziel Gabriel, de 35 anos, no dia 30 de maio.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, recebeu a autorização da presidente Dilma para que a fazenda Buriti seja comprada e o impasse resolvido.

A comitiva conta ainda com a presença do chefe da AGU (Advocacia-Geral da União), Luiz Inácio Adam, a secretária executiva do Ministério da Justiça, Márcia Pelegrini e o secretário nacional de Articulação Social, Paulo Maldos.

A reunião tem ainda a presença de líderes indígenas, representantes de produtores rurais, da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) e Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja E Milho), e também de prefeitos de cidades do interior de Mato Grosso do Sul.

Os técnicos das entidades devem definir um cronograma para dar andamento ao processo de compra da fazenda.

Lideranças indígenas também participam de encontro (Foto: Marcos Ermínio)
Lideranças indígenas também participam de encontro (Foto: Marcos Ermínio)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário