ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Preso após briga em praça é ex-oficial da Aeronáutica, desligado em 2008

Homem foi preso após briga em praça de Bonito e alegou ser capitão da FAB

Por Dayene Paz | 15/02/2024 11:09
Viatura em frente à delegacia para onde militar foi levado. (Foto: Bonito Mais Notícias)
Viatura em frente à delegacia para onde militar foi levado. (Foto: Bonito Mais Notícias)

O homem preso armado após briga em uma praça de Bonito, cidade a 297 km de Campo Grande, é ex-oficial da FAB (Força Aérea Brasileira). Na ocasião, noite de segunda-feira (12), aos policiais militares ele se apresentou como capitão das forças armadas, mas já foi desligado há quase 16 anos.

De acordo com nota oficial da FAB ao Campo Grande News, o homem de 55 anos foi desligado da corporação em junho de 2008 "não tendo, portanto, mais vínculo com a instituição". A FAB não especifica os motivos do desligamento.

Entenda - Um dos envolvidos na discussão contou para a Polícia Militar que estava na praça, quando pediu para o ex-oficial, dono de um T-Cross, retirar o veículo de onde estava parado. O motivo era porque estava realizando um serviço e tinha medo de danificar o SUV.

Houve discussão entre os dois e o trabalhador acionou a polícia por ver o dono do carro armado. Quando os militares chegaram, o proprietário do SUV se identificou como oficial da Aeronáutica. No carro dele, havia uma arma 9 milímetros e um carregador com 12 munições.

Ele foi questionado sobre a documentação necessária para o porte da arma, mas disse que estava sem no momento, inclusive também não portava a funcional que comprova a função que alegou exercer. O ex-oficial acabou preso por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Não há informações se ele passou por audiência de custódia.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias