A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

21/07/2014 23:33

Projetos são aprovados na Câmara, mas professores continuam em greve

Alan Diógenes

A sessão Ordinária na Câmara de Vereadores de Dourados desta segunda-feira (21) votou e aprovou em regime urgência projetos encaminhados à Casa na semana passada pela secretária municipal de educação, Marinisa Mizoguchi. A primeira proposta é a da Lei nº 832 do magistério, que refere-se à implantação do piso nacional de 20 horas, e a segunda é a da Lei nº 615, que refere-se ao reajuste de inflação dos 12 meses para os servidores administrativos. Mesmo assim, a greve dos educadores continua e na manhã desta terça-feira (22), os professores se reunirão novamente para mais discussões no sindicato.

De acordo com entrevista cedida ao site Dourados News, o presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), João Vanderley Azevedo, disse que a votação teve um “significado trágico” para a categoria. “Porque ela não faz parte das negociações; o reajuste não será votado da forma que nós gostaríamos, vai ser efetivado a partir de agosto, isso não faz com que a nossa pauta seja cumprida, pois a nossa pauta nunca foi só o reajuste, mas o piso para 20h, lei para valer a partir de 2016, 2017, 2018, 2019; e a inserção do grupo administrativo no plano de carreira”, disse Vanderley.

Ao fim da sessão, a vice-presidente do Simted, Gleice Jane Barbosa, disse que a categoria sai da Câmara com as mesmas dúvidas e inseguranças que entrou. “Nós achamos que os vereadores estavam muito confusos quanto ao texto do projeto, eles também tiveram dúvida, mas confiaram no discurso do prefeito. Mesmo com o texto dizendo que os contratados não estão contemplados com o reajuste, eles confiaram na palavra do prefeito e votaram a favor”, falou Gleice do site Dourados News.

Também foi reajustada a tabela nos pisos para todos os servidores municipais em 6,15%, o que possibilitou a reposição de inflação.

Ciclista bate em veículo parado, cai e morre atropelado por carreta
Ciclista de 41 anos morreu depois de bater em uma caminhonete parada, cair e em seguida ser atropelado por uma carreta. O acidente aconteceu na tarde...
Seminário reúne autoridades para debate sobre centenário de reserva indígena
Com os temas: Direitos indígenas e o Estado, História, Saúde, Educação, território, luta e sustentabilidade será realizado nesta quinta e sexta-feira...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions