ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Quatro são presos suspeitos de planejar "tribunal do crime"

Polícia chegou aos suspeitos após denúncia; quatro foram presos

Por Kerolyn Araújo | 02/08/2020 11:22
Armas e munições encontradas com presos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)
Armas e munições encontradas com presos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)


Quatro homens foram presos na madrugada deste domingo (2) em Dourados, cidade distante a 233 quilômetros de Campo Grande, suspeitos de fazerem parte de facção criminosa. Segundo a polícia, eles planejavam execuções na cidade.

Equipes da Polícia Militar receberam denúncia de que um veículo Chevrolet Blazer, ocupado por membros de facção criminosa, estava circulando pela Vila Cachoeirinha. Ainda conforme a denúncia, o grupo pretendia fazer vítimas do ''tribunal do crime''.

Durante rondas, os militares localizaram o carro e deram ordem de parada, mas o motorista, que estava acompanhado de outro homem, fugiu. Ele parou o veículo em frente a uma residência onde haviam mais duas pessoas, todos correram para o quintal e acabaram detidos.

Os ocupantes do carro foram identificados como Donizete Leite de Lima, 42 anos, e Levi Wellington Luz Novaes, 19 anos. Dentro do veículo, os policiais encontraram dois revólveres de calibre 38 municiados. Os outros dois foram identificados como Cláudio Romeiro Fernandes, 27 anos, e Wagner Fiorentino Machado de Oliveira, 20 anos.

À polícia, os suspeitos contaram que são de Maracaju e estavam morando todos juntos na casa. Eles também assumiram que as armas foram compradas em conjunto,

O grupo foi preso e levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados.