ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Restauração da MS-157 vai custar R$ 53,1 milhões

Empresa de Belo Horizonte terá um ano para executar obra, que ainda não tem data para começar

Por Adriel Mattos | 16/05/2022 08:34
No total, 42 quilômetros serão recuperados. (Foto: Divulgação/Agesul)
No total, 42 quilômetros serão recuperados. (Foto: Divulgação/Agesul)

A empresa LCM Construção e Comércio venceu licitação da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) para executar obras de restauração, adequação do tráfego e drenagem da rodovia MS-157, entre Maracaju e Itaporã.

O aviso de julgamento de proposta foi publicado na edição desta segunda-feira (16) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). A empresa tem sede em Belo Horizonte (MG).

O trecho a ser recuperado fica entre a BR-267 e o distrito de Carumbé, em Itaporã. Mais especificamente entre as estacas 0 + 0,00 M e 2.116 + 6,00 M, totalizando 42,32 quilômetros.

A LCM terá 360 dias (um ano) para executar a obra, que ainda não tem data para começar. A definição só ocorre após a assinatura de contrato e emissão da ordem de serviço.

Nos siga no Google Notícias