A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/01/2016 10:35

Rio Taquari continua subindo e famílias devem permanecer em alerta

Priscilla Peres
Calçada da Praça Noemy Serrou Camy (Praça do Flutuante) foi atingida pela água do rio. (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)Calçada da Praça Noemy Serrou Camy (Praça do Flutuante) foi atingida pela água do rio. (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)

Os moradores ribeirinho de Coxim - distante 260 km de Campo Grande, devem se manter em alerta para novas enchentes, devido ao nível do rio Taquari que está variando entre 5,20 metros e 5,30 metros, segundo a Defesa Civil do município. Se subir mais, a água pode voltar a entrar nas casas.

Segundo informações do site Coxim Agora, na tarde de ontem o nível do rio chegou em 5,30 metros deixando a Defesa Civil e a Prefeitura em estado de alerta máximo. Ambas montaram uma tenda base no bairro Piracema, para orientar e auxiliar a população caso haja necessidade.

As instituições também estão realizando um trabalho de monitoramento em tempo real para prevenir qualquer eventualidade, alertando a população imediatamente. Até agora, 10 famílias foram desalojadas de suas residências e uma desabrigada por conta da cheio do rio.

Outras três famílias se recusaram a sair de suas casas e permanecem em situação risco, mesmo sabendo que o nível do rio pode subir a qualquer momento. O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) emitiu alerta crítico ontem informando que o cenário indica que “provavelmente será atingido nível que provocará significativo danos materiais e com risco à integridade humana”.

A maior cheia registrada no rio Taquari aconteceu em fevereiro de 1977 quando o rio atingiu o nível de 6,05 metros. O segundo maior registro foi em março de 1989, que inclusive os estragos superaram a de 1977. Até então, a terceira maior cheia havia sido registrada em 2009 (5,18 metros) e a quarta enchente aconteceu em 2011, quando o nível do rio atingiu 6 metros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions