A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

03/05/2017 07:46

Sete pessoas são presas acusadas de traficar 1,6 tonelada de maconha

Renata Volpe Haddad
Droga estava distribuída em dois carros. (Foto: JP News)Droga estava distribuída em dois carros. (Foto: JP News)

Sete pessoas foram presas acusadas de traficar 1,6 tonelada de maconha que saiu de Ponta Porã e seria levada para Minas Gerais. O flagrante aconteceu na tarde de ontem (2), na BR-262 em Água Clara, distante 198 km de Campo Grande.

A droga estava distribuída em dois carros e mais quatro estavam auxiliando como serviço de batedor. A polícia já tinha informações de que um grande carregamento de drogas passaria pelo local.

Segundo informações do site JP News, equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e duas equipes da Patrulha Rural da Polícia Militar, realizaram monitoramento as margens da BR-262 no KM-144. Dois veículos, sendo um GM Vectra e um Ford Focus, ambos com placas de Campo Grande, passaram pela barreira policial em alta velocidade não sendo abordados.

Minutos depois um Fiat Strada também com placas de Campo Grande, conduzido por um jovem de 23 anos foi abordado, assim como outro Fiat Strada conduzido por um homem de 30 anos também foi parado na barreira.

Em vistoria feita nos veículos, a Strada conduzida pelo suspeito de 23 anos, estava carregada com tabletes de maconha. No carro do outro suspeito, nada de ilícito foi encontrado, mas foi constatado que o condutor estava realizando serviço de batedor para o carregamento.

Na sequência da abordagem, os policiais tentaram parar outro Fiat Strada que era conduzido por um jovem de 18 anos. O condutor não obedeceu a ordem de parada e começou a fugir em alta velocidade pela BR-262 sendo perseguido pelos policiais. Em determinado momento, o suspeito fez uma manobra e retornou pela pista na contra mão na tentativa de fugir dos policiais.

Seis carros foram apreendidos, sendo três que realizavam serviço de batedor da droga. (Foto: JP News)Seis carros foram apreendidos, sendo três que realizavam serviço de batedor da droga. (Foto: JP News)

O traficante dirigiu por alguns quilômetros na contra mão e ainda tentou atropelar um dos policiais que estava às margens da rodovia. O policial disparou contra o veículo, fazendo com que o motorista perdesse o controle da direção e caindo em uma valeta na estrada. Na carroceria da Strada, mais tabletes de maconha foram encontrados.

Com três suspeitos presos, as equipes policiais foram até a área urbana para registrar o caso na delegacia. Só que no trajeto, o veículo GM Vectra que furou o bloqueio policial foi visto estacionado próximo a um canteiro e os policiais resolveram realizar nova abordagem, prendendo dois jovens de 27 e 28 anos, que também realizavam o trabalho de “batedores” da droga.

Em continuidade da ação policial, o veículo Focus foi visto estacionado próximo a um hotel no centro da cidade. Os ocupantes não foram encontrados, mas as equipes perceberam que duas pessoas que estavam em um Fiat Siena tentaram empreender fuga ao ver as viaturas policiais e o carro foi parado.

O Siena era conduzido por um homem de 54 anos e tinha como passageira a mulher. O casal negou ter envolvimento com os suspeitos, mas mensagens e ligações no celular da mulher mostraram que os dois também faziam parte da quadrilha de traficantes. Eles também foram presos.

Cada suspeito preso receberia R$ 5 mil. Os dois carros usados para transportar a maconha estavam adesivados com logomarcas de empresas de fertilizantes situadas em Minas Gerais. A tática dos traficantes era tentar enganar os policiais para que a droga fosse transportada sem levantar suspeita.

Os policiais descobriram que os veículos não fazem parte da frota de nenhuma das empresas. Até crachás e bonés timbrados falsificados foram encontrados dentro dos veículos.

Toda a droga foi levada a sede da Polícia Federal de Três Lagoas e durante a madrugada desta quarta (03) foi pesada, totalizando 1.600 quilos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions