A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

21/02/2019 13:59

Técnico de informática sofre atentado a tiros na fronteira

Homem de 36 anos de idade foi alvejado a tiros no início desta tarde quando chegava em casa, em Pedro Juan Caballero

Helio de Freitas, de Dourados
Carros da polícia no local onde técnico de informática foi baleado nesta tarde (Foto: Direto das Ruas)Carros da polícia no local onde técnico de informática foi baleado nesta tarde (Foto: Direto das Ruas)

O técnico de informática Paulo Armoa Villalba, 36, é a mais recente vítima da violência na fronteira do Paraguai com o Brasil. Por volta de 13h desta quinta-feira (21), ele foi alvejado a tiros quando chegava à sua casa em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

O atentado ocorreu no cruzamento das ruas Pablino Cristaldo e Mburucuya, no bairro Maria Victoria. O autor dos tiros, identificado como Jorge, fugiu logo após disparar os tiros.

Paulo Vilhalba foi socorrido ao hospital de Pedro Juan Caballero, onde recebeu atendimento e não corre risco de morte, segundo os médicos que o atenderam.

Ao contrário da maioria dos atentados à bala ocorridos nas duas cidades por influência da guerra entre facções, o caso de hoje pode ter motivação passional.

Ontem à tarde, Adriano Fernandes Mendes, 57, condenado por tráfico de drogas e cumprindo pena em liberdade condicional, foi alvejado a tiros de pistola 9 milímetros na área central de Ponta Porã.

Baleado na frente da filha, que implorou aos pistoleiros para o pai não ser morto, Adriano foi levado para o hospital, mas morreu em seguida.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions