ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Traficante pula de Hilux com maconha e só para depois de levar tiro no pé

Batedor da carga que viajava acompanhado de mulher e recém-nascido também foi preso

Por Helio de Freitas, de Dourados | 17/06/2021 10:10
Caminhonete lotada de maconha e ao lado o Gol usado por batedor de estradas (Foto: Adilson Domingos)
Caminhonete lotada de maconha e ao lado o Gol usado por batedor de estradas (Foto: Adilson Domingos)

Traficante de 43 anos levou tiro no pé ao tentar fugir de agentes da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) na madrugada desta quinta-feira (17) na MS-379, entre Laguna Carapã e Dourados.

Vidilfo Boeira Lara conduzia uma caminhonete Toyota Hilux preta lotada de maconha. Os fardos da droga, alguns identificados com adesivos, ocupavam toda a carroceria, os bancos traseiros e até o banco do carona.

Esse método de tráfico é conhecido como “cavalo doido”, pois o motorista viaja com veículos abarrotados de drogas sem se preocupar em esconder o produto e quando se depara com a polícia foge em alta velocidade, larga a carga na estrada e corre para o mato.

Veja o vídeo:

Perseguição – Na madrugada de hoje, policiais da Defron receberam denúncia de que a Hilux e um Gol prata tinham passado em alta velocidade pela Vila Bocajá, no município de Laguna Carapã.

Ao se deslocarem pela rodovia, os agentes se depararam com os dois carros. Diante da viatura, o condutor da caminhonete fugiu em alta velocidade. Perseguido por 5 km, Vidilfo Boeira Lara desacelerou e com o veículo ainda em movimento ele pulou da cabine e correu em direção à lavoura de cana perto da Usina São Fernando.

Os policiais correram atrás do suspeito. Segundo o boletim de ocorrência, antes de entrar no canavial ele teria se virado em direção aos policiais com objeto na mão. Um tiro foi disparado por um dos agentes.

Mesmo na escuridão os policiais conseguiram localizar o motorista escondido entre as touceiras de cana. Cercado, Vidilfo disse que tinha sido atingido no pé direito. De imediato foi socorrido ao Hospital da Vida.

Condutor do Gol fazia serviço de batedor de estradas para a carga de maconha (Foto: Adilson Domingos)
Condutor do Gol fazia serviço de batedor de estradas para a carga de maconha (Foto: Adilson Domingos)

Batedor – Os policiais da Defron também prenderam o condutor do Gol prata, Luiz Fernando Caballero, 24, morador em Amambai. Ele viajava acompanhado de uma mulher e o filho dela, recém-nascido.

Inicialmente, ele alegou que estava trazendo a cunhada e o filho dela para consulta no Hospital Universitário em Dourados. Entretanto, diante das contradições apresentadas, confessou que estava trabalhando como batedor da carga de maconha para alertar sobre a presença da polícia na estrada.

A caminhonete transportava 2.023 quilos de maconha, 5 quilos de haxixe e 25 quilos de skunk, a chamada “supermaconha”. Luiz foi autuado em flagrante na sede da Defron em Dourados. O motorista da Hilux continua internado, com escolta policial.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário