A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/11/2008 17:41

Itamaraty: suposta invasão ao Paraguai foi mal-entendido

Redação

Após militares brasileiros terem sido acusados de violar o território paraguaio, a assessoria do Itamaraty afirmou que tudo não passou de um mal-entendido já esclarecido.

Mesmo não se posicionando sobre a suposta invasão dos militares, a assessoria afirma que, se isso ocorreu, foi um acidente, possivelmente provocado pelo fato de a região ser de fronteira seca, com os limites mal sinalizados.

Conforme a diplomacia brasileira, o governo paraguaio estava ciente de que o Exército brasileiro realizaria operação próximo à divisa de Mato Grosso do Sul e Paraguai. Nem o governo, nem os militares brasileiros, tinham qualquer intenção de agredir o Paraguai.

Comunicado divulgado pelo chanceler paraguaio, Alejandro Hamed Franco, e pelo ministro da Defesa, Luis Barreiro Spaini, no mesmo dia do incidente, sugere que o governo do País vizinho não tinha conhecimento prévio do exercício militar brasileiro.

"Toda incursão em território paraguaio de policiais ou militares estrangeiros sem a autorização do governo nacional ou sem que este a coordene constitui uma violação à soberania territorial de nosso país

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions