A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/11/2008 14:28

Juiz livra 7,6 mil mulheres de inquérito sobre aborto

Redação

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluizio Pereira dos Santos, determinou o arquivamento de 7.698 mil fichas com nomes de mulheres que foram atendidas pela médica Neide Motta. Com a decisão, as pessoas citadas nos cadastros não serão investigadas.

Desse total, 7.215 fichas apresentavam indicação de crimes de aborto, mas já prescritos. Essas fichas, agora arquivadas, são de mulheres que passaram pelo consultório até julho de 2000. Os documentos foram apreendidos, após o fechamento da Clínica de Planejamento Familiar, que na verdade funcionava como clínica de aborto.

O restante, 483 fichas referentes aos anos de 2000 e 2001, não apresentou dados que justificassem a abertura de inquérito policial.

Também escaparam da investigação, mulheres e homens menores de 21, atendidos após essa data, até o mês de julho de 2004 e com indícios de envolvimento nesse tipo de crime.

O trabalho de triagem dos cadastros foi feito pela delegada Regina Márcia Mota, que depois passou por avaliação do promotor Paulo César dos Passos, que defendeu o arquivamento.

Uma leva de quase 2 mil fichas ainda passará pelo mesmo procedimento.

Desde o início das investigações, em 2007, cerca de 10 mil atendimentos feitos por Neide Motta foram levantados pela Polícia. Por enquanto, 150 mulheres foram indiciadas, destas 40 fecharam acordo para penas alternativas, com a prestação serviços em creches. A previsão é de o total de indiciamentos supere o número de mil.

Mudança radical - No prédio, onde funcionava a Clínica de Planejamento Familiar, hoje existe uma pousada geriátrica. Conforme atendente informou por telefone, a empresa ainda está em nome de Neide Motta, que

IFMS oferece 200 vagas para cursos técnicos e inscrições findam em janeiro
Interessados em realizar cursos técnicos podem participar de seleção no IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul). São oferecidas 200 vagas na m...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions