A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/07/2009 13:43

Juíza é denunciada por exigir tratamento de "excelência"

Redação

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) protocolou reclamação contra a juíza federal em Ponta Porã, Lisa Taubemblatt, que exigiu ser chamada de "excelência" pelos advogados. A reclamação foi feita ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região e ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

De acordo com assessoria da OAB/MS, durante audiência no dia 20 deste mês, a magistrada teria repreendido o advogado identificado pelas iniciais T.V.F., de Ponta Porã, por tê-la chamado de "doutora". Na presença de um procurador da República, de dois agentes da Polícia Federal, três presos e funcionários da Justiça Federal, ela teria advertido o advogado: "eu exijo que vocês advogados me chamem de excelência. Vocês advogados não respeitam o Poder Judiciário".

Após ser questionada por outros advogados, Lisa Taubemblatt teria dito que os presos e os agentes da Polícia Federal podem "me chamar de doutora, mas advogado tem que me chamar de excelência". Ela ainda exige que todos, inclusive os advogados, se levantem quando ela entra no recinto.

Para o presidente da OAB/MS, Fábio Trad, a reclamação contra a magistrada será feita hoje no CNJ e no TRF3.

O Campo Grande News tentou falar com a magistrada, mas sua assessoria informou que ela não tem o costume de dar entrevistas.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions