A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/01/2011 20:53

Justiça cassa liminar e impede acesso de alunos à prova do Enem

Amanda Cieglinski, da Agência Brasil

Uma decisão do STJ (Supremo Tribunal de Justiça) cassou todas as liminares relacionadas ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e ao Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Com isso, o cronograma está mantido e os resultados serão divulgados na segunda-feira (24). Também deixa de valer a decisão da Justiça Federal no Ceará que concedeu aos candidatos do Enem o direito de acesso ao espelho da correção das provas e de recorrer das notas.

“Temos hoje total segurança jurídica. O tribunal pacificou essa questão”, disse o ministro da Educação, Fernando Haddad. “Diante de um cenário em que juízes de primeira instância estavam tomando decisões incoerentes entre si, o que torna qualquer procedimento executivo inviável, o que o STJ fez foi a centralização da decisão.”

Ontem, a Justiça Federal concedeu liminar ao MPF/CE (Ministério Público Federal no Ceará) para que os alunos pudessem ter acesso às provas e recorrer das notas. Essa possibilidade não está prevista no edital do Enem.

“Não considero justificável que uma regra usada há 13 anos [desde a primeira edição do Enem] seja alterada no último dia do prazo de inscrições. Existe uma preparação para isso, não é uma tarefa simples. A digitalização das imagens, o software para colocar os espelhos das provas à disposição, a segurança para o acesso, tudo tem que ser devidamente preparado”, disse Haddad.

O ministro afirmou ainda que a regra não pode valer “só para o Enem, mas para qualquer outro processo seletivo”. Segundo ele, em muitos outros concursos o recurso não é permitido: “O concurso feito pelo próprio Ministério Público não prevê recurso no seu edital. Como pode esse mesmo órgão exigir que o outro [MEC] respeite um princípio que ele próprio na sua gestão não considera?”.

Sisu teve quase 83 mil inscrições para universidades de Mato Grosso do Sul
No Estado foram oferecidas 6.470 vagasO Sisu (Sistema de Seleção Unificada) registrou, após o término do prazo para que os estudantes se cadastrasse...
Sisu teve mais de 2 milhões de inscrições para 83.125 vagas
De acordo com o MEC foram 1.080.194 estudantes cadastradosAs inscrições no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) foram encerradas às 23h59 de ontem (2...
Liminar da Justiça prorroga inscrições no Sisu para candidatos do RJ
A Justiça Federal no Rio de Janeiro concedeu liminar prorrogando o período de inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) até o dia 26 dest...
Correção do Enem é garantida a estudantes pela Justiça do Ceará
Hoje, a Justiça Federal do Ceará deferiu parcialmente o pedido de liminar do Ministério Público do estado que assegura aos estudantes o direito de ac...


segurança? que seguraça todos nos estudantes depois desta balburdia toda do tal ENEM e este SISU causaram nada mais justo que tenhamos sim o direito de vermos a correção da prova, pois quem garante agora depois de tudo isso que aconteceu que as provas foram corrigidas certas?
 
CARLOS DAMASCENO em 21/01/2011 09:38:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions