A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

25/09/2009 11:17

Justiça manda prender bombeiro dono de boate Tango

Redação

Dono da tradicional casa noturna Tango, o tenente-coronel Leonardo Coimbra, teve a prisão preventiva decretada esta manhã pelo juiz Alexandre Antunes. O magistrado explica que a medida foi adotada porque o militar não compareceu à audiência marcada para hoje.

"A prisão visa garantir a instrução processual", reforça o juiz. Além do depoimento de Coimbra, estavam previstas oitivas das testemunhas.

O MPE (Ministério Público Estadual) ofereceu denúncia contra Leonardo Coimbra por falsidade ideológica e exercício de comércio por oficial. O MPE alega que o militar fez declarações falsas, quando disse não ter impedimento para manter a boate.

O caso veio à tona quando a Decat (Delegacia Especializada de Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) instaurou inquérito para investigar a casa noturna. O clube funcionou o ano passado por meses, no Jardim dos Estados, sem licença ambiental, conforme apurou a Polícia Civil.

Vizinhos denunciaram a boate devido ao barulho à noite. Em investigação os policiais constataram a falta da licença.

O funcionamento de clubes e boates depende de alvará fornecido pelo Corpo de Bombeiros, portanto, Coimbra responde também por este crime, na Auditoria Militar.

O tenente coronel recebe salário de R$ 13 mil do Corpo de Bombeiros e há dois anos foi cedido para a Assembléia Legislativa. Oficialmente ele se dedica a funções diversas, como atividades políticas internas, promoção de eventos sociais e festas, e à segurança do deputado Marquinhos Trad (PMDB).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions