A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

20/10/2011 16:47

Licitações e obras públicas serão debatidas em seminário na Capital

Edmir Conceição*

Evento reunirá nesta sexta-feira,no Crea-MS, representantes do Tribunal de Contas da União, do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas e da Caixa Econômica Federal

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de MS (Crea-MS) sediará nesta sexta-feira (21), das 8h às 18h, o 1º Seminário de Obras Públicas de Mato Grosso do Sul.

Reunindo órgãos de fiscalização e controle, gestores públicos, profissionais, fornecedores e estudantes, o evento tem como objetivo debater licitações, projetos básicos de engenharia e arquitetura, orçamentos e a tabela Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil).

O evento contará com palestrantes do Tribunal de Contas da União (TCU), do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TCE-RS), do Instituto Brasileiro de Auditorias e Obras Públicas e da Caixa Econômica Federal. Ao final haverá um debate com representantes do Governo do Estado de MS, da Assomasul e do TCE/MS.

De acordo com o presidente em exercício do Crea-MS, engenheiro civil Domingos Sahib Neto o planejamento adequado é fundamental na execução de obras públicas. “É importante que se dimensione todos os recursos necessários viabilizando a busca de fontes de financiamentos, evitando assim a paralisação das obras e possibilitando com que a sociedade possa acompanhar o andamento das mesmas”.

O Seminário está sendo realizado pelo Instituto de Engenharia de Mato Grosso do Sul (IEMS) e Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-MS), com o apoio do Crea-MS, Crea Júnior MS, Tribunal de Contas da União (TCU), Tribunal de Contas do Estado de MS (TCE-MS), Associação dos Municípios do MS (Assomasul), Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop), Secretaria de Estado da Habitação e das Cidades (Sehac) e Caixa Econômica Federal.

Ainda segundo Sahib Neto, eventos como este, realizados em vários estados do país, colaboram para o fortalecimento da fiscalização e controle das obras públicas. “Acreditamos que isso possa beneficiar a população já que os treinamentos visam à integração entre o interesse público, que exige que o Estado faça a melhor contratação, que nem sempre é a de menor valor, e a empresa de construção civil, que tem de priorizar o conhecimento sobre os elementos que irão integrar a formação dos custos de uma obra.

(*) Com informações da assessoria do Crea-MS

Mais de cem empresas são notificadas por não cumprirem lei de aprendizagem
Mais de cem empresas foram notificadas por não cumprem a Lei de Aprendizagem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Superintendência Regional do Trabalho, ...
Universidades terão incentivo de R$ 10 milhões a projetos de combate a obesidade
Chamada pública do Ministério da Saúde incentiva universidades públicas e privadas a desenvolver projetos com ações de prevenção, diagnóstico e trata...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions