A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

21/07/2013 11:45

Líderes de facção criminosa do MA são transferidos para Campo Grande

Paula Maciulevicius
A transferência dos presos ocorreu depois de pedido do Governo ao Ministério da Justiça. A transferência dos presos ocorreu depois de pedido do Governo ao Ministério da Justiça.

Desde sábado, 10 líderes de facções criminosas vindos do Maranhão estão no presídio de Federal de Campo Grande. Eles vieram transferidos na tentativa de conter a criminalidade na capital maranhense e em cidades do interior.

Segundo matéria do Uol, todos os internos foram identificados por liderar facções que estavam agindo de dentro dos presídios, dando ordens para serem praticados diversos crimes fora do sistema prisional. O grupo é considerado de alta periculosidade pelos crimes cometidos e também por terem feitos atos violentos dentro das unidades prisionais.

Os presos embarcaram em um avião alugado pelo governo do Estado. O valor gasto com a transferência não foi divulgado e para cada detento, havia dois agentes penitenciários.

A transferência dos presos para Mato Grosso do Sul ocorreu depois que o Governo do Maranhão pediu ao Ministério da Justiça vagas em presídios federais para custodiar presos de alta periculosidade.

O grupo é considerado de alta periculosidade pelos crimes e também por atos violentos dentro dos presídios. O grupo é considerado de alta periculosidade pelos crimes e também por atos violentos dentro dos presídios.

"Nós elencamos as maiores lideranças do sistema criminoso da região metropolitana de São Luís e do interior do Estado. Esse é apenas o início dessa grande operação, pois estamos acompanhando essas quadrilhas há algum tempo. A operação começou há aproximadamente quatro meses, mas a área de inteligência já vem trabalhando na investigação desses criminosos há mais de um ano", afirmou o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes.

Os presos transferidos são: Rones Lopes da Silva, conhecido como "Rone Boy", considerado um dos líderes de rebelião ocorrida em presídio; Bruno Monteiro da Silva, suspeito de ser o autor intelectual de dois homicídios na Penitenciária São Luís II, sendo que em um deles, a vítima teve o corpo esquartejado; Tobias Pereira Oliveira, o "Tobias", foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, apreendida no interior da cela onde estava preso; Ronilson Coutinho, o "Pixuca"; Mauro Soares Alves, o "Seu Mauro"; Wadson da Silva Araujo, "Tanaka"; Josué Santos da Silva, o "Gaspar", roubo, tráfico e homicídios; Rosildo Ferreira, o "Roni", esteve envolvido nos últimos quatros meses registrou três tentativas de fugas, sendo a mais grave delas ocorrida no último dia 12 de abril, na qual tentaram utilizar explosivos com a finalidade de destruir os muros da área externa da unidade; Francisco Carlos de Sousa, o "Ceara" e Cosme Pereira Lima da Silva.

Em MS, 196.191 condutores podem pedir CNH digital gratuitamente
Dos 1.134.551 condutores habilitados em Mato Grosso do Sul, 196.191 já possuem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com QR Code e podem solicitar...
Ladário é a primeira cidade a receber Carreta da Justiça em 2018
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi retomado nesta segunda-feira (22), c...
Prefeitos mobilizam Assomasul por adiamento do ano letivo no Estado
Com estradas destruídas pela chuva, prefeitos de 21 municípios pressionam a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) para requerer...


O Governo do Estado não tem força para impedir esses bandidos de se instalarem aqui?

Agora vão comandar o crime aqui em nossa cidade, como se CG já não estivesse violenta demais. Depois desse presídio federal é fato que a violência na capital aumentou, principalmente os furtos e roubos.
 
Deocleciano Rover em 22/07/2013 08:47:45
Esses bandidos vem para a nossa cidade e como consequência disso vem também seus familiares e acaba que aumentando a criminalidade na nossa capital. Ao invés de destinar dinheiro para estádios e obras para a copa, vai construir presídios federais nesses estados.
 
Flavio Barbosa em 22/07/2013 07:34:39
vagabundo tem que andar dentro do camburão de preferencia!
gastando dinheiro com avião, é o Brasil.
 
Anderson Silva em 21/07/2013 16:07:39
Engraçado que dinheiro para locar uma aeronave (que não deve ter sido nada barato) para transportar marginais eles tem. Quantas crianças estão dormindo em colchões no chão nos abrigos, os asilos estão em situações precárias e nada se faz alegando sempre falta de verbas! O Brasil só mudará quando a Constituição Federal (falida e cheia de brecha) for rasgada por inteiro e feito uma nova em cima, defendendo quem realmente merece! Os verdadeiros cidadãos!
 
Lidia Correa em 21/07/2013 15:31:47
Nós já temos os nossos próprios "LIXOS", agora receber lixos de outros estados é para acabar mesmo. A secretaria de segurança pública deveria rever seus conceitos, pois o nosso presidio já está um barril de pólvora de tão cheio e ainda trazem mais, e quem paga tudo isso é a população. Já que são elementos de alta periculosidade porque não jogaram no mar quando estavam sobrevoando sobre o estado do Maranhão, que virassem ração de tubarão. Podem ter certeza que esses animais vão bagunçar por aqui, já que a secretaria de segurança de lá não aguentou o arroxo mandaram para cá, só que digo uma coisa, com a nossa polícia o buraco é mais embaixo e para fazer uma visita pro capeta é rapidinho, basta só dar uma pisadinha de bola dentro da nossa penitenciária e achar que estão no Maranhão.
 
Douglas Ruiz em 21/07/2013 14:21:05
só genti boa heim...kkkkkkkkkkk
 
toni franco em 21/07/2013 12:54:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions