A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/07/2009 13:45

Magistrada proíbe publicação de dados sigilosos da Owari

Redação

A juíza da 1ª Vara Criminal de Dourados, Dileta Terzinha Souza Thomas, proibiu os meios de comunicação, incluindo-se o Campo Grande News de divulgar algumas informações referentes aos inquéritos das operações Owari e Brothers.

A Polícia Federal indiciou 73 pessoas por corrupção, fraude em licitações públicas, formação de quadrilha e outros crimes. Os inquéritos foram encaminhados ao MPE (Ministério Público Estadual), que poderá denuncia-las à Justiça.

Segundo a magistrada, os órgãos de comunicação poderão publicar as informações referentes as operações Owari e Brothers, "desde que corretas e verdadeiras, e que sejam veiculadas em conformidade à ética profissional dos jornalistas ou a preceitos legais".

Os fatos acobertados pelo segredo de Justiça, como gravações telefônicas e respectivas transcrições, dados referentes as quebras dos sigilos fiscal e bancário, não poderão ser divulgados, sob pena de multa de R$ 2 mil. Os dados sigilosos não estão anexados ao inquérito policial, que poderão ter as informações divulgadas. Antes, todo o processo estava sob sigilo.

Pedidos

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions