ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  21    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Mais dois motoristas são presos por dirigir embriagados

Por Redação | 17/06/2010 14:22

Dois motoristas foram presos na noite de ontem (16) por dirigirem embriagados. Um terceiro condutor, que também estava bêbado, se envolveu em um acidente em Campo Grande e tentou escapar, mas foi localizado. Os casos foram registrados em Dourados, Três Lagoas e Campo Grande.

Paulo Arguelho Flores, de 41 anos, estava com a Scania, de placas HQR-0576, parada no cruzamento das ruas Bela Vista e Pureza Carneiro Alves, no Jardim Água Boa, em Dourados, município que fica a 230 quilômetros de Campo Grande.

Ao ser abordado, o motorista alegou que a carreta estava com problemas mecânicos, que ele havia perdido sua carteira de habilitação e não estava com os documentos do veículo.

Segundo o boletim de ocorrência registrado sobre o caso, ele exalava forte odor etílico e os policiais o submeteram ao teste de alcoolemia. O resultado indicou 1,09 mg/l de álcool no sangue e ele foi encaminhado à delegacia da cidade.

O veículo, que estava carregado com soja, foi entregue no local a um conhecido do motorista.

Em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, à 0h26 de hoje, Ozírio Teixeira de Souza Reis, de 40 anos, também foi encaminhado à delegacia porque se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Ele conduzia o veículo GM Kadett, de placa CWV-7022, e ao aproximar a viatura da PRF (Polícia Rodoviária Federal), entrou em uma via lateral. Quando o abordaram, apresentava claros sinais de embriaguez, como odor etílico, vermelhidão dos olhos, desordem das vestes e fala desconexa, segundo boletim de ocorrência registrado sobre o caso. Reis deverá responder por dirigir embriagado.

O outro motorista, Antônio Alves Figueiredo Agrale, de 29 anos, foi preso porque dirigia um caminhão embriagado e fugiu após colidir com o veículo de um militar, mas foi localizado pela Polícia.

Velocidade - Marcelo da Rocha Berti, de 28 anos, foi detido nesta madrugada por transitar em alta velocidade, de acordo com boletim de ocorrência registrado sobre o caso.

Ele conduzia a motocicleta Honda Titan de placa HSW-5053, e fugiu quando avistou os policiais, não acatando a ordem de parada. Cinco quilômetros depois, ele foi alcançado e deverá responder por transitar em velocidade incompatível.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário