A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

01/06/2009 10:35

Malote roubado do Sicredi tinha cerca de R$ 40 mil

Redação

Ladrões levaram malote do banco Sicredi, por volta de 10 horas desta segunda-feira, em Campo Grande, com cerca de R$ 40 mil.

O dinheiro iria abastecer o caixa eletrônico do banco, que fica na recepção do HU (Hospital Universitário).

Dois seguranças e um tesoureiro da empresa Máxima Segurança eram responsáveis pelo malote. Eles foram rendidos por quatro bandidos armados com pistolas e revólveres.

Os funcionários da Máxima pararam o Gol da empresa com a traseira virada para a recepção do hospital, local onde fica o caixa eletrônico. Quando saíram do veículo, foram rendidos pelos assaltantes.

Os bandidos fizeram um disparo para o alto e obrigaram os funcionários a encostar de costas na parede. Eles então roubaram as armas dos seguranças, o malote e correram até o lado de fora do hospital, onde pegaram duas motocicletas que estavam estacionadas e fugiram.

As motos tinham sido estacionadas por eles e, de acordo com testemunhas, seriam da marca Honda, modelo Titan e da cor azu

Segundo informações da empresa que faz a segurança, o caixa eletrônico é abastecido normalmente no período da tarde, mas hoje a Máxima recebeu ligação do banco, pedindo para levar o dinheiro pela manhã, o que foi feito. A mudança no horário do abastecimento dever ser o gancho da investigação da Polícia.

O caixa eletrônico fica na recepção do HU, ao lado de outros dois. O mais próximo da porta é um do HSBC, ao lado o do Sicredi, e por último o da Caixa Econômica Federal.

Na hora do assalto, não havia nenhum segurança do hospital. De acordo com a diretora administrativa do HU em exercício, Rosemari Oshiro, o Conselho do hospital irá se reunir para discutir o caso.

Segundo Rosemari, na reunião pode ser debatida uma possível retirada dos caixas eletrônicos, que são utilizados por funcionários do hospital.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions