A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/01/2012 17:59

Ministro visita MS na sexta após novo foco de aftosa no Paraguai

Fabiano Arruda

Mendes Ribeiro sobrevoa região de Ponta Porã e cumpre agenda à tarde em Campo Grande

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, visita Mato Grosso do Sul na sexta-feira após a confirmação do segundo foco de aftosa registrado no departamento de San Pedro, no Paraguai, a cerca de 150 quilômetros do Estado.

Ribeiro vai sobrevoar a região de Ponta Porã e, depois, no período da tarde, cumpre agenda na Governadoria em Campo Grande onde se reúne com o governador André Puccinelli (PMDB), com a secretária de Produção e Turismo do Estado, Tereza Cristina, além dos secretários de agricultura do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina; representantes dos órgãos equivalentes ao Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal), DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Exército.

Hoje pela manhã, Puccinelli elogiou o empenho do ministro no combate ao foco e agradeceu Mendes pela manutenção do Exército no trabalho de vigilância.

“O ministro teve uma conduta espetacular”, afirmou, explicando que Ribeiro requisitou ao Ministério da Defesa a permanência do Exército na fronteira.

Segundo o governador são 14 pontos fixos e 11 volantes que formam as barreiras na região de fronteira. Ele ainda destacou que determinou dobrar a quantidade de combustível para as viaturas do DOF (Departamento de Operação de Fronteira) para o trabalho e que serão contratados 35 médicos veterinários.

André ainda mencionou as particularidades da vigilância sanitária por conta da alta umidade relativa do ar na região do Chaco, o que faz o vírus da aftosa ter duração mais prolongada. “Se o calor torra o vírus aqui em 30 dias, por exemplo, lá, é de 90”, ilustrou, sinalizando que a ação sanitária, neste caso, tem de ser prolongadada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions