A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/07/2014 08:54

Mortes por gripe aumentam 114% e MS receberá 100 mil doses de vacina

Lidiane Kober

Com 15 mortes confirmadas por gripe, Mato Grosso do Sul solicitou remessa extra e o Ministério da Saúde encaminhará, até a próxima segunda-feira (21), 100 mil doses da vacina contra a doença. A imunização será distribuída entre os municípios e ganhará mais aqueles com maior percentual de casos.

De acordo com a diretora-geral de Vigilância de Saúde da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Bernardete Lewandowski, a remessa extra foi solicitada no início desta semana. “O ministério confirmou o envio e hoje vamos verificar quando as vacinas vão chegar, mas, até a próxima segunda-feira, o plano é estar com as doses”, disse. 

Em comparação ao mesmo período do ano passado, as mortes por gripe aumentaram 114% em Mato Grosso do Sul e o resultado é o crescimento da procura pela vacina. Conforme boletim da SES, divulgado ontem (16), 15 pessoas foram a óbito por causa da doença.

Praticamente no mesmo período de 2013, em primeiro de agosto, a pasta divulgou boletim, que apontava sete mortes confirmadas, 114% a menos do que os casos registrados de janeiro até ontem. Dos óbitos atuais, seis ocorreram em Campo Grande e cinco, em Corumbá. Água Clara, Bela Vista, Costa Rica e Dois Irmãos do Buriti registraram, cada um, uma morte.

O último boletim da SES revela ainda que, até agora, 422 pessoas foram internadas com sintomas de gripe A. Em primeiro de agosto de 2013, a secretaria apontava 474 casos suspeitos. De quarta passada até ontem, 63 novas notificações foram registradas no Estado.

Campo Grande concentra o maior número de internações, totalizando 186. Corumbá ocupa o segundo posto, com 79 casos suspeitos. Depois, aparece Caarapó, com 30 notificações. Em Bela Vista, foi registrado o último caso de morte.

Diante dos números, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) também chegou a buscar socorro no Ministério da Saúde e deverá ganhar pelo menos 30 mil doses da remessa extra de 100 mil. “Vamos eleger os municípios de acordo com o percentual de casos, levando em conta o número de habitantes”, explicou Bernardete.

Sem alarde - Apesar de o número de mortes ser maior em comparação aos últimos cinco anos, ela evitou alarde, mas fez questão de reforçar dicas para evitar o contato com o vírus. “Estamos no inverno, época de maior transmissão da doença”, ponderou para justificar os números.

A diretora de Vigilância em Saúde ainda frisou que a vacina não protege 100% contra a gripe. “Por isso, não podemos descuidar e esquecer de hábitos de higiene, como lavar as mãos com frequência”, orientou.

Ela também aconselhou a evitar a automedicação. “A insuficiência respiratória é motivo de alerta para procurar imediatamente um médico”, emendou. “É importante tomar o medicamento certo (Tamiflu) pelo menos 48 horas, após o início dos sintomas”, concluiu.

Assim que chegar ao Estado, as vacinas serão distribuídas entre os municípios e estarão disponíveis gratuitamente em unidades de saúde pública. Terá prioridade os grupos de risco, como idosos, crianças, gestantes e profissionais da área de saúde.

Saúde confirma 15 mortes por gripe, aumento de 114% em relação a 2013
Em comparação ao mesmo período do ano passado, as mortes por gripe aumentaram 114% em Mato Grosso do Sul e o resultado é o crescimento da procura pel...
Ministério diz que 30 mil doses de vacina contra gripe chegam até próxima semana
Depois de confirmar na última segunda-feira (14) o envio de 30 mil doses da vacina contra o vírus influenza, que causa a gripe A, para Campo Grande, ...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions