ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 33º

Cidades

MPF só comenta mortes de índios com confirmação da PF

Por Redação | 04/11/2009 13:57

O MPF (Ministério Público Federal), órgão responsável por questões indígenas, só comentará as mortes dos professores Genivaldo Vera e Rolindo Vera quando a PF (Polícia Federal) enviar um comunicado oficial do caso.

Segundo a assessoria de imprensa do MPF, os índios que disseram que morreram e não a PF.

Os professores estavam desaparecidos desde sábado, quando houve confronto em uma fazenda localizada em Paranhos, município distante 472 quilômetros de Campo Grande.

Segundo os índios, o integrante da Comissão dos Professores Índios Guarani-Kaiuá, Otoniel Ricardo, Genivaldo e Rolindo estavam no matagal e os policiais chegaram ao local pelo cheiro dos corpos. Os professores tinham perfurações de tiro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário