A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/02/2016 16:21

MS já tem 21,9 mil casos suspeitos de dengue, com avanço de 80%

Flávia Lima

Após uma semana sem divulgar dados epidemiológicos do Estado, devido ao Carnaval, a Secretaria de Estado de Saúde divulgou nesta quarta-feira (17) novo relatório. Os dados apontam que o número de casos suspeitos dengue em Mato Grosso do Sul já totalizam 21.982.

O total é 80% maior em relação ao boletim anterior, que indicava 12.219 casos suspeitos. O número representa 9.763 novas notificações em relação ao levantamento anterior, divulgado no dia 3 de fevereiro.

Ainda segundo o boletim, entre os dias 7 e 13 de fevereiro, foram registradas 1.748 notificações, uma queda de sensível, de apenas 3%, se comparada às 1.804 notificações computadas entre os dias 24 e 30 de janeiro.

O município de Dois Irmãos do Buriti continua liderando o ranking de cidades com maior índice de incidência do Aedes aegypti, com 254 notificações, seguido de Deodápolis, com 282 casos suspeitos. Em terceiro lugar vem Alcinópolis, com 104 casos.

A Capital subiu do 17º para o 13º lugar, com 10.495 notificações. Já as confirmações de óbitos em decorrência de dengue continuam sendo as mesmas do último boletim.

Na Capital foram duas confirmações, uma criança de 8 anos, que morreu no dia 12 de janeiro na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Vila Almeida ao dar entrada com dengue clássica e depois sofrer uma parada cardíaca e a adolescente Karolina Ribeiro Soares Rodrigues, 16, que morreu um dia depois no Hospital Regional Rosa Pedrossian.

Em todo o Estado foram registrados 17 óbitos no ano passado por causa da doença.

Chikungunya- Quanto a febre Chikungunya um novo boletim também foi divulgado nesta quarta-feira e também revela um aumento nas notificações, totalizando 20 casos notificados contra 17 do último boletim. Só em Aquidauana são 12 notificações, além de dois em Bodoquena, dois em Corumbá e Dourados, Miranda, Sidrolândia e Terenos com um caso cada. Ao todo, 14 casos aguardam confirmação.

Em 2015, foram 184 notificações, com oito confirmações. Ainda há 41 casos suspeitos de chikungunya referentes ao ano passado aguardando resultado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions