A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/10/2009 09:20

MST espera proposta e continua no Incra em Dourados

Redação

Os 250 trabalhadores do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) que acamparam ontem de manhã na sede regional do Incra em Dourados continuam no local e não há previsão de que o protesto termine nesta quarta-feira.

José de Oliveira, da coordenação regional do MST, informou que até agora a superintendência do órgão não definiu se a reunião será em Campo Grande ou Dourados. "Nós queremos que o Incra marque essa negociação em Campo Grande, com todas as comissões regionais. Mas se o Incra quiser negociar em Dourados, não tem problema também. Mas a cobrança será forte", afirmou o líder do movimento.

Segundo ele, o processo de reforma agrária está parado em Mato Grosso do Sul, pois o Incra não cumpriu as metas de assentamento e de aquisição e desapropriação de terras. José de Oliveira disse que só o MST tem pelo menos duas mil famílias acampadas no Estado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions